Da Anvisa: Farinha sem ferro para quem tem restrição alimentar

Farinhas de trigo e de milho poderão ser vendidas sem adição de ferro para pessoas com restrição de ingestão do mineral.

As farinhas de milho e de trigo poderão ser comercializadas no Brasil sem a adição de ferro. O objetivo é atender as pessoas que têm restrição de ingestão do ferro e não podem ingerir este nutriente em excesso.

Farinha sem ferro para quem tem restrição alimentar
Farinha sem ferro para quem tem restrição alimentar
Para permitir a mudança, a Anvisa criou uma nova categoria no regulamento técnico de alimentos para fins especiais. A nova categoria deverá trazer em seu rótulo a expressão “para dietas com restrição de ferro” e os produtos utilizaram farinha que não teve adição de ferro de forma artificial.

Adição de ferro e ácido fólico


No Brasil, a adição de ácido fólico e ferro nas farinhas de milho e de trigo é adotada como política de saúde para prevenir a carência desses dois nutrientes. O ferro é adicionado para prevenir a anemia ferropriva, que é o tipo de anemia provocado pela carência de ferro e que representa a maior parte das anemias.

Já o ácido fólico, é incluído nas farinhas para prevenir defeitos na formação do tubo neural do bebê durante a gestação. Outro problema prevenido pela ingestão do ácido fólico é a formação de lábio leporino e fendas na boca do feto.

A alteração está na resolução RDC 155/2017 que aprova a categoria de alimentos especial para dietas com restrição de ferro.

Recentemente, a Anvisa já havia atualizado a norma de enriquecimento das farinhas definindo os tipos de compostos de ferro que podem ser adicionados.

➤➤ Leia também: Regra para ácido fólico em farinhas é atualizada.

Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Açúcar Demerara - Benefícios

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Como acabar com piolho de cobra

Enzimas COX-1 e COX-2 (ciclooxigenase)

Benefícios do Amendoim torrado para a saúde