Dicas de saúde bucal pra curtir o dia dos namorados

Comemore o dia dos namorados sem comprometer a saúde bucal. Dra. Érika Vassolér dá dicas de como curtir a data de forma segura.

Embora uma das demonstrações de afeto mais comuns no dia dos namorados, o beijo pode ser prejudicial à saúde bucal.

Dicas de saúde bucal pra curtir o dia dos namorados

Quantas bactérias são "trocadas" durante o beijo?


Em um único beijo são movimentados mais de 29 músculos e há uma troca de mais de 250 bactérias e doenças, o que pode ser considerado perigoso.

"Por ser um ato muito íntimo, o beijo deve ser colocado em prática com responsabilidade. O ideal é que a pessoa não tenha mais de um parceiro frequente" comenta Érika Vassolér, dentista e consultora de higiene bucal da Condor.

Quais doenças são transmitidas pelo beijo?


A probabilidade de contrair doenças durante o beijo acontece porque a saliva é considerada um transmissor devido a fatores como:

A temperatura e a quantidade de luz (a proliferação de bactérias é maior pela boca por ser um ambiente escuro).

Além da transmissão de gripes e problemas respiratórios, pelo beijo se transmite a herpes labial, uma das doenças mais conhecidas no mundo. Ao contrário do resfriado ou da gripe, a doença pode não se manifestar imediatamente.

A herpes geralmente acontece quando há um excesso de fungos. Também pode ocorrer pelo beijo em uma pessoa infectada.

Leia também: Selfies: novas aliadas dos dentistas

A mononucleose também pode ser transmitida pela saliva no momento do beijo e pode ser confundida facilmente com a gripe por conta dos sintomas semelhantes. Nesses casos, o correto é procurar um profissional qualificado para o tratamento adequado.

Segundo Érika, a boca possui milhares de bactérias que protegem e contribuem para o equilíbrio do organismo, mas a falta de higiene pode contribuir para o surgimento dessas doenças. Além dos problemas mais comuns, o beijo pode ser o transmissor da sífilis, tuberculose e hepatite.

Durante o beijo, por exemplo, a sífilis pode ser transmitida por meio de feridas causadas pela doença na boca. "O ideal é que a higiene bucal seja feita da forma correta e que o paciente vá ao dentista pelo menos uma vez ao ano para cuidar da saúde da boca", finaliza a dentista.

Dicas para beijar muito no dia dos namorados sem comprometer a saúde


  1. Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia, principalmente após as refeições principais e utilize fio dental com frequência;
  2. Evite muitos parceiros em um curto período;
  3. Fique atento ao surgimento de feridas na boca;
  4. Evite o compartilhamento de talheres e copos.

Fonte: Condor


Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Açúcar Demerara - Benefícios

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Como acabar com piolho de cobra

Casca de Jabuticaba para que serve?

Sal refinado, Sal marinho e mineral, comparação