Crianças X Internet: palestra gratuita no Pueri Domus

Pesquisadora Luciana Corrêa, do ESPM Media Lab, fala sobre a relação das crianças com a internet em palestra gratuita


No dia 05/12, às 15h, a pesquisadora Luciana Corrêa, coordenadora da área de pesquisa sobre Famílias e Tecnologia do ESPM Media Lab, ministrará a palestra “A educação para o consumo de internet” na unidade Verbo Divino da Escola Bilíngue Pueri Domus, em São Paulo.

O evento, que será transmitido ao vivo pelo Facebook, abordará temas como os hábitos das crianças brasileiras nas redes sociais, mediação parental e o uso das novas tecnologias digitais como aliadas do processo de aprendizagem.

Também serão apresentados os dados de um estudo que contou com a contribuição do Pueri Domus e mostra os hábitos de consumo de Instagram por crianças de seis a doze anos no Brasil, mesmo essa rede sendo direcionada, conforme sua política de privacidade e regras de uso, para maiores de 13 anos.

Luciana, que é pesquisadora especialista nas áreas de comunicação e consumo e estuda a relação das crianças com a internet, apresentará dados sobre esse cenário que precisa ser debatido e discutido por pais e educadores: o Brasil tem uma presença maior e significativa de crianças e jovens nas redes sociais quando comparado a outros países como Portugal, Bélgica, Reino Unido, Itália e Irlanda.

Segundo dados da pesquisa TIC Kids Online Brasil do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI), oito em cada dez crianças e adolescentes são usuárias de internet. São cerca de 24,3 milhões de usuários entre 9 e 17 anos, o que corresponde a 82% da população brasileira nessa faixa etária. Desses usuários, 91% se conectaram pelo celular e 78% possuem perfil próprio em redes sociais.

Esses números mostram a relevância de discutir a educação para os meios digitais, que deve começar em casa por meio da mediação parental e ser abordada também nas escolas, com a promoção de competências digitais que englobem questões de privacidade e proteção de dados. Todas essas práticas têm como objetivo maximizar os benefícios e minimizar os riscos da internet para as crianças e jovens.

“Se a relação da cultura, da mídia e as novas tecnologias já é parte da sociedade contemporânea, entender e observar a presença delas e a relação das crianças nas redes sociais é de fundamental importância para refletirmos em que medida é preciso regulamentar, proibir ou educar para o seu uso, pois já não se trata de um ambiente exclusivo dos adultos”, afirma Luciana.

Interessados em participar da transmissão ao vivo podem acompanhá-la pela página do evento no Facebook: https://business.facebook.com/events/252562148607231/

Sobre a palestrante

Luciana Corrêa possui mais de quinze anos de experiência em empresas multinacionais e nacionais e instituições de ensino e pesquisa como ESPM e Insper. É mestre em Comunicação e Práticas de Consumo pelo PPGCOM-ESPM, graduada em Propaganda e Marketing e com MBA em Varejo pela FIA/PROVAR. Atualmente coordena o ESPM Media Lab, laboratório de pesquisa em cultura digital da ESPM.

Imprimir esta receita ;-)

Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Açúcar Demerara - Benefícios

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Sal refinado, Sal marinho e mineral, comparação

Como acabar com piolho de cobra

Casca de Jabuticaba para que serve?