Conselho Federal de Farmácia divulgará Notivisa (notifica reações adversas de medicamentos)

Iniciativa busca ampliar uso do Notivisa pelos profissionais farmacêuticos

Não era sem tempo, afinal, o PROFISSIONAL DO MEDICAMENTO É "O FARMACÊUTICO"! É quem mais entende da AÇÃO dos medicamentos no organismo (como o medicamento age bioquimicamente falando) e também dos EFEITOS COLATERAIS causados pelos mesmos -- ou por sua interação com outros fármacos, alimentos e álcool.

Conselho Federal de Farmácia divulgará Notivisa (notifica reações adversas de medicamentos)

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) vai divulgar em seu site o trabalho de Farmacovigilância da Anvisa. A iniciativa é resu



ltado de um parceria da área de Farmacovigilância da Agência com o CFF.

A divulgação inclui a Sistema de Notificação em Vigilância Sanitária (Notivisa) que é utilizado principamente por profissionais de saúde para relatar eventos adversos com medicamentos. A divulgação pela conselho busca ampliar o uso da ferramenta pelos profissionais farmacêuticos.

O monitoramento de reações adversas a medicamentos é essencial para a avaliação contínua do perfil benefício-risco desses produtos e pode motivar medidas regulatórias como alterações em bulas, alertas aos pacientes e suspensão do medicamento.

Sobre o Notivisa (Sistema de Notificação em Vigilância Sanitária)


O Notivisa é um sistema informatizado desenvolvido pela Anvisa para receber notificações de incidentes, eventos adversos (EA) e queixas técnicas (QT) relacionadas ao uso  de produtos e de serviços sob vigilância sanitária. Saiba mais.



Exemplos de notificações de eventos adversos que podem ser feitas no Notivisa:


• Reação adversa ao uso de medicamentos;

• Inefetividade terapêutica de algum medicamento;

• Erros de medicação que causaram ou não dano à saúde do paciente (por exemplo, troca de medicamentos no momento da administração);

• Incidente / evento adverso durante procedimento cirúrgico;

• Queda do paciente;

• Úlcera por pressão (feridas na pele provocadas pelo tempo prolongado sentado ou deitado);

• Evento adverso decorrente do uso de artigo médico-hospitalar ou equipamento médico-hospitalar;

• Reação transfusional decorrente de uma transfusão sanguínea;

• Evento adverso decorrente do uso de um produto cosmético;

• Evento adverso decorrente do uso de um produto saneante.



Exemplos de notificações de queixas técnicas que podem ser feitas no Notivisa:


• Produto (todos listados acima, exceto sangue e componentes) com suspeita de desvio da qualidade;

• Produto com suspeita de estar sem registro;

• Suspeita de produto falsificado;

• Suspeita de empresa sem autorização de funcionamento (AFE).

Para mais informações, acesse:

Notivisa - http://portal.anvisa.gov.br/notivisa

Farmacovigilância - http://portal.anvisa.gov.br/farmacovigilancia

Conselho Federal de Farmácia

Imprimir esta receita ;-)

Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Açúcar Demerara - Benefícios

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Como acabar com piolho de cobra

Casca de Jabuticaba para que serve?

Sal refinado, Sal marinho e mineral, comparação