INTERSTíCIO, o Novo órgão no corpo humano que acaba de ser 'descoberto' pode ajudar a evitar metástases

Interstício, o 'novo órgão' do corpo humano que a ciência acaba de descobrir

Essa notícia da ciência da saúde é importantíssima. Ela poderá ajudar, inclusive, no combate às metástases (quando um câncer 'se espalha' pelo corpo).

E você pode se perguntar: por que, Renata, você colocou a palavra descobrir entre aspas? Simples. É que os cientistas já sabiam que o interstício existia, mas não se sabia tanto sobre ele e — principalmente — que ele era um órgão.

E foi por meio de uma tecnologia mais avançada que os cientistas puderam, finalmente, identificá-lo: trata-se de um espaço cheio de pequenas cavidades preenchidas por líquido, que está presente entre os tecidos (por isso intersticial) do nosso corpo.

INTERSTíCIO Novo órgão acaba de ser descoberto ajuda a evitar metástases

Os especialistas o classificaram como um novo órgão do corpo humano. E por incrível que pareça, o órgão interstício pode ser um dos maiores órgãos do nosso corpo. Os cientistas dizem que essa extensa rede cheia de cavidades de colágeno e elastina é repleta de líquido, reunindo mais de um quinto de todo o líquido corporal.

A complexidade do interstício foi identificada por uma equipe de patologistas da Escola de Medicina da Universidade de Nova York (NYU), nos EUA, e as descobertas foram publicadas na revista Scientific Reports.




Como se acreditava que era o órgão interstício?


Para começar, antes não se achava que era um órgão – como já mencionei --, mas sim uma densa camada formada por um tecido conjuntivo denso e sólido. Porém, agora descobriu-se que elas estão interconectadas entre si, por compartimentos cheios de líquidos.

Tais tecidos ficam localizados abaixo da pele e recobrem TODOS os órgãos do corpo. E os especialistas acreditam que o interstício será muito importante para explicar a metástase do câncer, além do edema, a fibrose e também o funcionamento mecânico de tecidos e órgãos do organismo. Ou seja, essa descoberta é revolucionária para a nossa saúde.

Por que o interstício pode ser usado no combate ao avanço do câncer pelo corpo?


Essa rede de cavidades pode ser como uma ‘pista expressa’ por onde correm os fluídos, embasando a hipótese de que o câncer, ao atingir o espaço intersticial, possa se espalhar pelo corpo (metástase) muito rapidamente. Por outro lado, os autores do estudo acreditam que as células que formam o interstício mudam com a idade, podendo contribuir com o envelhecimento de todo o corpo.




Comentário Saúde com Ciência (Renata Fraia)


Fico, definitivamente, impressionada em ver como nosso corpo é uma "máquina" perfeita... A pele, por exemplo, era considerada, até agora, como sendo o maior órgão do corpo humano. Dentre suas funções uma é VITAL para sobrevivermos, ela nos protege dos agentes externos que poderiam prejudicar nosso organismo. Mas agora, vimos que há outro órgão embaixo dela (e entre cada órgão) que continua essa proteção tão importante - além de outras funções. Muito ainda há de ser descoberto e a gente que AMA CIÊNCIA DA SAÚDE, fica animado... muito animado com o que ainda virá! :-D

Fonte: BBC

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Açúcar Demerara - Benefícios

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Como acabar com piolho de cobra

Casca de Jabuticaba para que serve?

Enzimas COX-1 e COX-2 (ciclooxigenase)