Vírus Zika e Câncer de células neurais: entenda esta relação promissora

Desde que surgiu, o vírus Zika foi motivo de preocupação para profissionais de saúde e também de gestantes e seus familiares. Pudera, transmitido pela picada do mosquito "da dengue" o vírus zika causa microcefalia, um condição que traz danos ao cérebro, os quais até agora são irreversíveis.

Mas o outro lado da moeda é que passada a comoção, um grupo de cientistas BRASILEIROS resolveu testar a ação do danado do vírus que ataca os bebês dentro da barriga de suas mães. O resultado foi a descoberta de que o vírus Zika e o câncer de células neurais têm uma estreita relação. Veja o ânimo dos pesquisadores e entenda o estudo e a importância da descoberta:

Após várias entrevistas cheias de esperança e emoção, uma das pesquisadoras, Carolini Kaid, que participa dos estudos mostrou-se visivelmente emocionada com a descoberta:

Os resultados do estudo mostram que o vírus zika é capaz de infectar e matar as células dos tumores embrionários do SNC com grande eficácia e especificidade, tanto em modelos in vitro como em camundongos -- Carolini é doutoranda do Centro de Estudos do Genoma Humano e orientada por Oswaldo Okamoto, é a primeira autora do trabalho. Ela ficou responsável especialmente pelo trato com os camundongos: fez as cirurgias para implantação dos tumores, injetou vírus zika no local e depois acompanhou a evolução, que não poderia ter sido mais satisfatória. A imagem fala por si:
Ti + T1 - T5*

* Ti + T1 - T5

Ti: rato com câncer de células neuronais já com metástase para a coluna;
T1 - T5: o mesmo rato com o vírus zika injetado (em T1) e sua evolução até a remissão da doença em T5. O ratinho estava CURADO.

O estudo foi publicado na revista "Cancer Research", da Associação Americana para a pesquisa do câncer foi feito por pesquisadores brasileiros do Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco. O artigo Zika virus selectively kills aggressive human embryonal CNS tumor cells in vitro and in vivo foi publicado on-line nesta quinta-feira (ontem), 26 de abril.

Os primeiros resultados em camundongos mostraram o efeito da injeção do vírus purificado e em baixa concentração sobre tumores embrionários cerebrais, de células humanas, induzidos em camundongos com baixa imunidade. Os principais autores e coordenadores do estudo foram Oswaldo Keith Okamoto e Mayana Zatz.

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Use vinagre para piolhos e lêndeas

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Açúcar Demerara - Benefícios

Receita de anti-mofo caseiro para guarda-roupa e paredes

Piolho chato, o piolho pubiano: sintomas e tratamentos

Vinagre ou água sanitária (hipoclorito de sódio) para higienizar verduras?

Sal refinado, Sal marinho e mineral, comparação

Como acabar com piolho de cobra

Casca de Jabuticaba para que serve?