Diclofenaco e ibuprofeno podem ser perigosos ao coração

Um estudo publicado comandada pelo Hospital Universitário Gentofte, de Copenhague e publicada  pela revista científica European Heart Journal demonstrou que alguns tipos de anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) podem ser prejudiciais ao coração.

Segundo a pesquisa, estes anti-inflamatórios estão associados ao aumento do risco de parada cardíaca. Os mais perigosos são diclofenaco e ibuprofeno.

Diclofenaco e ibuprofeno infarto
foto: Vnukko


Anti-inflamatórios e parada cardíaca


  • diclofenaco; 
  • ibuprofeno; 
  • rofecoxib (retirado de circulação desde 2004); 
  • celecoxib (que se tornou controlado) e outros estão associados ao aumento do risco de parada cardíaca;
  • naproxeno (o menos prejudicial).

Como foi o estudo que ligou anti-inflamatórios ao coração

Pesquisadores analisaram, entre 2001 e 1010 as paradas cardíacas registradas na Dinamarca (fora dos hospitais). Das 28.947 pessoas que sofreram uma parada cardíaca, 3.376 utilizaram algum tipo de anti-inflamatório até 30 dias antes a parada cardíaca ocorrer, ou seja, quase 12% delas.

➤➤ LER TAMBÉM: Refrigerantes diets elevam risco de AVC e infarto

Entre as pessoas que utilizaram algum tipo de AINEs antes de sofrer a parada cardíaca, 51% delas consumiram ibuprofeno e 21,8% fizeram uso do diclofenaco — os dois anti-infamatórios mais consumidos na Dinamarca.

Segundo o estudo, o uso do diclofenaco pode aumentar a incidência do problema em 50% e o ibuprofeno é em mais de 30%.

Entre os anti-inflamatórios não-esteroides, o naproxeno se mostrou o menos prejudicial. O estudo afirmou também que os AINEs estão entre os medicamentos mais utilizados no mundo.

A situação não é muito diferente no Brasil, onde o uso indiscriminado de anti-inflamatórios sem receita é recorrente. Segundo o livro "Tarja Preta — Os segredos que os médicos não contam sobre os remédios que você toma", de Marcia Kedouk, um dos 10 medicamentos mais vendidos é composto por diclofenaco.

➤➤ LER TAMBÉM: O que fazer se eu estiver tendo um infarto sozinho?

#doenças cardiovasculares

Fonte:
The Bmj
Artigo: Diclofenac use and cardiovascular risks: series of nationwide cohort studies
(Published 04 September 2018) - BMJ 2018;362:k3426
Disponível em: https://www.bmj.com/content/362/bmj.k3426
Acesso: 04.09.2018

Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Açúcar Demerara - Benefícios

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Batata frita, calorias, gorduras e carboidratos desta 'bomba' calórica

Beneficios da salsinha e do alecrim