Saída de cubanos do Mais Médicos já tem reflexos em várias cidades

Confira uma seleção com algumas manchetes sobre a saída de cubanos do Mais Médicos -eles devem deixar o Brasil até 12 de dezembro:

Cartaz no Centro de Saúde do Jardim Rossin, em Campinas, avisa sobre suspensão de agendamentos por causa da saída dos médicos cubanos. — Foto: Conselho de Saúde de Campinas/Divulgação

Do G1: "Pacientes enfrentam filas e dificuldade para marcar consultas".
Saída de cubanos deixa unidades de saúde sem médicos; pacientes enfrentam filas e dificuldade para marcar consultas.

Da Folha PE: "Com o retorno dos médicos à Cuba, especialistas prevêem prejuízo na atenção básica e aumento de demanda em hospitais"
Sem cubanos, PE terá mais gastos na saúde.

Do G1: Telegramas revelam que partiu de Cuba proposta para criar Mais Médicos, em negociação secreta com governo Dilma

Da Folha: Ministério da Saúde diz que cruzamento aponta dados irregulares; sistema ainda enfrenta falhas.
Mais Médicos registra 6.000 inscrições em um dia, mas menos de metade é efetivada.

Da Folha: Médico lamenta fim da parceria com Cuba e diz que áreas isoladas devem ser afetadas.
A gente se sentia explorado, diz cubano que saiu do Mais Médicos e ficará no Brasil.

Do EstadãoSe já era absurda a contratação de médicos pagando pelo serviço parte do leão à ditadura cubana, tudo ficou ainda mais grotesco com revelação de que programa de Dilma ocultava mentira e mistificação.
Enfim, a verdade sobre o Mais Médicos.

#notícias sobre saúde

"Para mim, escrever sobre saúde é necessidade fisiológica. Amo o que faço porque faz parte de mim." (Renata Fraia - farmacêutica e jornalista)


Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Açúcar Demerara - Benefícios

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Batata frita, calorias, gorduras e carboidratos desta 'bomba' calórica

Casca de Jabuticaba para que serve?