Novo medicamento para artrite reumatoide, upadacitinibe, está em fase final de testes

O upadacitinibe (Rinvoq™), um inibidor da Janus quinase 1 (JAK-1) administrado por via oral, está sendo desenvolvido pela AbbVie para o tratamento da artrite reumatóide.

Em agosto de 2019, com base em resultados positivos de estudos multinacionais de fase III conduzidos em pacientes com artrite reumatóide, o upadacitinib recebeu aprovação para ser comercializado nos EUA para o tratamento da artrite reumatóide moderada a severa que não respondem ou têm intolerância ao metotrexato.

Este artigo resume os marcos no desenvolvimento do upadacitinibe, levando a essa primeira aprovação para o tratamento da artrite reumatóide.

Dados sobre o upadacitinibe (Rinvoq™)

A eficácia, segurança e a tolerabilidade do upadacitinibe para artrite reumatoide foram estudadas em cinco estudos de fase 3 do programa SELECT. Os estudos envolveram uma variedade de pacientes com AR, incluindo aqueles que apresentaram falha no tratamento ou eram intolerantes a medicamentos antirreumáticos modificadores da doença biológica (csDMARDs-IR) ou que responderam inadequadamente ao metotrexato (MTX-IR).

Cerca de 30% dos pacientes tratados com upadacitinibe alcançaram remissão clínica na semana 12 no SELECT-COMPARE e na semana 14 no SELECT MONOTERAPIA, em comparação com 6% dos pacientes que receberam placebo mais MTX e 8% que receberam MTX. Taxas de remissão sustentada foram observadas até a semana 26.

Efeitos colaterais do Upadacitinibe

Os efeitos colaterais mais comuns associados ao upadacitinibe incluem infecções do trato respiratório superior, náusea, tosse e pirexia. Além disso, a bula do medicamento apresenta avisos de um sério risco de infecções graves e linfoma.

A empresa espera que o remédio esteja disponível nos Estados Unidos ainda este mês e que seu preço seja de US$ 59 mil por ano, segundo um relatório da Reuters.

#medicamentos

Fonte: Publimed

"Para mim, escrever sobre saúde é necessidade fisiológica. Amo o que faço porque faz parte de mim." (Renata Fraia - farmacêutica e jornalista)

Comentários