Vírus do sarampo diminui a imunidade de modo permanente, mostram estudos

Dois estudos apontam que vírus do sarampo causa prejudica o sistema imunológico de duas maneiras. Tomar a vacina é única forma de se proteger.
Por Renata Fraia

Sabe a história do mosquito que antes era “da dengue” e agora é também da zika,  da chicungunia e, às vezes da febre amarela? Pois bem, assim como o Aedes  Aegypti, o vírus do sarampo — Measles morbillivirus — também provoca outros problemas além do sarampo, ele afeta sobremaneira o sistema imunológico, pelo menos é o que demonstram duas pesquisas recentes que corroboram com suspeitas antigas. Vamos entender?

Como o vírus do sarampo causa “amnésia” do sistema imunológico?

foto: Slide Player
A hipótese já é antiga, mas apenas agora, com dois estudos, publicados respectivamente por Science e Science Immunology, verificou-se o potencial do vírus do sarampo abalar o sistema imune.

Durante o estudo, os especialistas sequenciaram os genes das células responsáveis pela memória imunológica e descobriram que, após se recuperar do sarampo, o sistema dos envolvidos no estudo tinha mudado em relação às outras células.

A autora de um dos estudos, Velislava Petrova, explicou:
"As células imunológicas que normalmente reconhecem novos patógenos [microorganismos que causam doenças] têm sua capacidade de resposta restringida [diminuída]".

Como o vírus do sarampo deixa a imunidade baixa?

A imunossupressão ou imunidade baixa é outro problema relacionado ao vírus do sarampo. As crianças que foram objeto do estudo perderam até 73% da sua diversidade de anticorpos, afetando diretamente a resposta imunológica.
"O interessante foi notar que podemos recuperar nossa contagem normal de células, mas ainda assim estaremos imunossuprimidos [imunidade baixa]" finaliza a autora do estudo.
Uma outra pesquisa da Escola Woodrow Wilson, publicada em 2015, já apontava que o vírus do sarampo deixava o sistema imunológico debilitado por três anos. Os estudos atuais demonstram que a imunossupressão ocorre por muito mais tempo.

Importância da vacinação contra o sarampo

Os cientistas afirmam que os dois estudos ressaltam a importância da vacinação contra o sarampo. O número de casos de sarampo aumentou mais de 280% desde 2018, mundialmente falando, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Com as novas descobertas, as pessoas que foram infectadas e se curaram da doença ainda permanecem com um problema, podem estar com a imunidade baixa e, assim, contrair infecções secundárias.

Uma frase de Duane Wesemann, da Harvard Medical School diz tudo:

"Você obtém o melhor dos dois mundos com a vacina, pois adquire uma imunidade robusta contra o vírus do sarampo sem precisar ser infectado com ele, e não causa o dano imunológico causado pelo verdadeiro vírus".

Agora que você já entendeu porque o vírus do sarampo causa amnésia imunológica, leia também: Tangerina (mexerica), fruta reforça a resistência imunológica.

Referências:


1. https://science.sciencemag.org/content/366/6465/599
2. https://immunology.sciencemag.org/content/4/41/eaaz4195
3. https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/virus-do-sarampo-deixa-sistema-imunologico-debilitado-por-tres-anos-16087630
4. http://www.saude.sp.gov.br/resources/cve-centro-de-vigilancia-epidemiologica/areas-de-vigilancia/doencas-de-transmissao-respiratoria/sindrome-da-rubeola-congenita-src/doc/sarampo17_briefing14ag17.pdf

"Para mim, escrever sobre saúde é necessidade fisiológica. Amo o que faço porque faz parte de mim." (Renata Fraia - farmacêutica e jornalista)

Comentários

Leia também!

Soro caseiro: receita copo 200ml (e para 1 litro)

Açúcar Demerara - Benefícios

Antibiograma o que é e para que serve esse exame

Batata frita, calorias, gorduras e carboidratos desta 'bomba' calórica

O que são Enzimas e para que servem