Postagens

Mostrando postagens com o rótulo alimentação saudável

Comer proteínas de manhã ajuda a emagrecer

Imagem
Comer proteínas de manhã emagrece mesmo, ou é bobagem? Ou o que mais precisamos de manhã é de alimentos ricos em energia (carboidratos) pra aguentar mais o pique e comer menos durante o dia? Vamos descobrir juntos?



Um café da manhã rico em proteínas ajuda a emagrecer mesmo

É o que concluiu uma pesquisa feita na Universidade do Missouri, nos Estados Unidos. Segundo o estudo, comer proteínas como ovos, leite ou derivados e também carne magra no café da manhã - pasmem! - É capaz de reduzir o consumo de nada mais nada menos do que o número bastante expressivo de 400 calorias durante o dia.

A primeira refeição do dia, se for superproteica ajuda não apenas a perder peso, como o controlar, e mais, comer proteína de manhã ainda melhora o controle do glicêmico no sangue. A pesquisa reveladora foi publicada recentemente na revista científica International Journal of Obesity.

Leia também: Dieta do Ovo: Comer ovos cozidos emagrece.


Como foi o estudo que revelou que comer proteínas de manhã emagrece

Semáforo nutricional

Imagem
Semáforo nutricional é uma comparação que se faz com o que representa cada cor do semáforo: semáforo vermelho: proibido, amarelo atenção e verde: livre.

Logo, os alimentos classificados como semáforo vermelhos devem ser evitados ou consumidos ocasionalmente, os amarelos consumidos moderadamente e os alimentos classificados como semáforo verde podem ser consumidos a vontade.



Veja uma relação com cada um dos alimentos do semáforo dos alimentos ou semáforo nutricional.

Alimentos Proibidos (semáforo vermelho):
Gorduras visíveis - (Manteigas, margarina, natas, chantilly, etc.);Embutidos e queijos amarelos - (Queijo, chouriço, linguiça, toucinho, bacon, mortadela, morcela, etc.);Confeitaria:  (Bolos, pães doces, etc)Salgados/folhados: (rissoles, quiches, coxinha, croquetes, folhados, etc.)Sobremesas doces ricas em gordura - (sorvetes, tortas doces, sobremesas com creme de leite/chantilly, etc.)Bebidas alcoólicasAlimentos preparados com muita gordura (Frituras, refogados, assados, etc.)Fast –F…

O que devo comer depois do treino?

Imagem
Se você é uma pessoa recém-saída do sedentarismo ou está intensificando seus exercícios para emagrecer e/ou ganhar massa muscular já deve ter se perguntado: o que devo comer depois do treino?

Para responder a essa questão, o Saúde com Ciência conversou com as nutricionistas da Health4u, Carolina Alkimin Figueiredo (CRN-341125), especialista em nutrição clínica e Ana Paula Lopes (CRN-337855), nutricionista esportiva, que respondera, as 4 principais dúvidas quando se trata de alimentação pós treino. Confira abaixo:


Patrocinado: Já pensou em ter um box de crossfit? CLIQUE e saiba mais...

Quais alimentos posso comer depois do treino?
Para toda ação existe uma reação. Segundo as especialistas, ao acabar o treino, o corpo pede por nutrientes que foram perdidos na realização dos exercícios. Então, ter uma dieta balanceada, principalmente no pré e pós-treino, é importante.




Alimentos indicados para depois do treino
Alimentos que são grandes fontes de carboidratos, proteínas e antioxidantes são o…

Especial - Saúde pós Festas de fim de ano

Imagem
Confira o Especial de Saúde pós festas de fim de ano do Saúde com Ciência.

Veja uma seleção com os melhores posts sobre como se recuperar dos exageros do final de ano... E também do carnaval, é claro. Como recuperar seu fígado 'judiado' pela bebida e pelo excesso de carnes gordas, aliviar sua pele do excesso de sol e repôr nutrientes perdidos com os excessos e as noites sem dormir.




- Repondo minerais e água perdidos pelo corpo... além de ajudar a perder os quilinhos ganhos nas ceiasSucos de cascas de frutasSuco de couve com limão - emagrece e desintoxicaSuco da juventudeLeite hidrata mais que água, em alguns casosSuco de cereja recupera força muscularSucos naturais energéticosChá de lichiaSuco diurético e desintoxicante de kiwiSucos reidratantes e para ressacaÁgua de coco reidratante naturalBebidas repositoras hidroeletrolíticas

- Alimentação saudável para ressacaLanches levesMandioquinhaCouve - a rainha dos vegetaisAlimentos para stressChia - um super alimentoAlimentos que baix…

#Pré-diabetes: Alimentação é grande aliada no combate ao diabetes tipo 2

Imagem
Medida contribui para que pessoas com pré-diabetes tenham hábitos mais saudáveis para evitar que a doença evolua para diabetes melittus tipo II

Uma alimentação adequada com baixo teor de açúcar e ingestão de alimentos não processados diminui as chances de pessoas diagnosticadas com pré-diabetes evoluam para o diabetes tipo II. 
Hábitos saudáveis e prática de atividade física contribuem para que não haja necessidade do paciente fazer uso de medicamentos para controle do pré-diabetes. 

Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados, que possuem altas concentrações de açúcar, gordura e sódio é uma das recomendações do Ministério da Saúde que constam no Guia Alimentar para a População Brasileira e podem colaborar também para a prevenção da doença.

Dados da Sociedade Brasileira de Diabetes estimam que 40 milhões de brasileiros sejam pré-diabéticos, ou seja, possuem o nível elevado de glicemia de jejum, variando entre 100 e 125 mg/dl; e que 25% deste total pode desenvolver o diabetes tipo II.

Você come ao menos 5 porções de vegetais por dia?

Imagem
Quando uma pesquisa recente revelou que o ideal para a manutenção da saúde é comer 8 porções diárias de vegetais (legumes, verduras e frutas), mas que ingerir pelo menos 5 porções já seriam benéficas, o primeiro pensamento que me ocorreu foi: "Eu, certamente, consumo no mínimo 5 dessas porções".

Contudo, esse pensamento não me saía da mente, já que sou tão preocupada com minha alimentação - confesso que, às vezes sou até um pouco neurótica com isso - e decidi passar a contar a quantidade de frutas, legumes e verduras que eu consumia diariamente.

Legumes e verduras eu adoro desde sempre. Sabe aquele comercial em que o menino adora brócolis? Eu era exatamente assim... Mas devo confessar que nunca gostei muito de frutas, mas me obrigo a comer.

Como disse, passei a contar o quanto de vegetais comia e, para minha surpresa, em alguns dias eu contei 3 porções, em outros 5, em alguns 2 porções e, pasmem, teve até dia que contei 0 (zero), esses últimos foram em finais de semana. Pen…

12 alimentos não orgânicos saudáveis

Imagem
A isenção de agrotóxicos faz dos alimentos orgânicos um ideal de consumo de todos, independentemente do bolso. Mas embora saibamos que todos têm o mesmo objetivo, ainda são poucos os que podem comprar ingredientes mais saudáveis.

Mas há uma boa notícia! Sabia que existem 12 alimentos não orgânicos e saudáveis? Ou seja, eles não precisam ser orgânicos para serem seguros para a alimentação.


O Environmental Working Group (Grupo de Trabalho Ambiental), uma organização sem fins lucrativos que defende as políticas de proteção à saúde global e individual, desenvolveu o Guia ao Consumidor sobre o Uso de Pesticidas nos Produtos Agrícolas (na verdade o título é em inglês: Shoppers' Guide to Pesticides in Produce).



O guia foi baseado nos resultados de quase 43 mil testes com pesticidas. Os 12 alimentos que selecionamos a seguir apresentaram a menor quantidade de pesticidas quando cultivados de modo tradicional (NÃO orgânicos). Consequentemente, eles são os produtos agrícolas de cultivo trad…

Influência da tecnologia no mercado de saúde

Imagem
Startups de Foodtech estão transformando o mercado de saúde e de investimentos. Entenda como as startups de food tech estão modificando o mercado.

Esta é uma tendência global e irreversível: a preocupação do consumidor com saúde e longevidade e a busca por um estilo de vida que implica na busca crescente por alimentos saudáveis.

A última pesquisa realizada em 2017 pela Associação Paulista de Supermercados (APAS) revelou que o consumidor brasileiro é o mais exigente do mundo quando se trata de produtos saudáveis.


De olho neste mercado que cresce à taxa de 25% ao ano, inúmeros empreendedores estão lançando novos produtos orgânicos, alergênicos, funcionais, fazendo uso de embalagens inovadoras, plataformas dedicadas de delivery e movimentando um mercado ávido por informações e novidades.

Um caso emblemático é o da Jasmine Alimentos, empresa de produtos saudáveis do grupo francês Nutrition & Santé, com sede em Curitiba. Em parceria com a empresa de investimentos Corporate Garage, a em…

Suplementos Alimentares terão regulação específica

Imagem
Anvisa quer regulação específica para suplementos alimentares

FINALMENTE... os olhos da Anvisa foram "descortinados" e resolveram fazer o que deveria ser óbvio: regulamentar os suplementos alimentares.

Os suplementos alimentares terão regulação específica a partir deste ano. O objetivo é reunir em um só conjunto de normas todas as regras e orientações da Anvisa aos fabricantes desses produtos. Pela proposta, os suplementos alimentares passarão a ser uma única categoria, reduzindo a quantidade de normativos existentes hoje.


Devido à complexidade e abrangência do tema, a proposta está sendo tratada por meio de seis consultas públicas, uma para cada assunto relacionado aos suplementos. O prazo para envio de contribuições termina no dia 09 de abril de 2018.

Os participantes das consultas públicas devem observar atentamente o escopo das propostas, pois só serão consideradas para a análise da Anvisa as contribuições que estiverem dentro dos parâmetros colocados nos documentos. Con…

Rótulos de alimentos no Brasil devem ser mais claros, diz OPAS

Imagem
A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a Organização Mundial da Saúde (OMS) nas Américas, acredita que o Brasil se beneficiará da adoção de um novo modelo de rotulagem de alimentos, que permita ao consumidor fazer escolhas mais saudáveis.

O tema está sendo analisado no momento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), com a participação de diversas instituições.

A OPAS defende que os rótulos de alimentos processados e ultraprocessados informem de maneira direta e rápida ao consumidor se há excesso de sódio, açúcar, gordura total, gordura trans, gordura saturada e/ou adoçantes.

Para isso, a parte frontal da embalagem deve trazer um selo em formato de octógono, com fundo preto e letras brancas, que informe sobre o alto teor desses nutrientes críticos da seguinte forma: “muito açúcar”, “muito sódio”, “contêm adoçantes”, entre outros.


Esse modelo, que já se mostrou eficaz no Chile e cuja implantação está sendo estudada pelo Uruguai, foi escolhido após diversos estudos c…

Batata frita mais saudável que cozida? Só se...

Imagem
Batata frita mais saudável que cozida? Como isso é possível? Acompanhe e entenda...
Um estudo da Universidade de Granada, Espanha, descobriu que as batatas fritas são mais benéficas à saúde, mas com uma condição: serem frescas e preparadas em um tipo de azeite específico.

Ao estudarem detalhadamente a dieta Mediterrânea como coadjuvante no tratamento de doenças degenerativas, os pesquisadores descobriram que as batatas -- quando fritas e não cozidas -- poderiam ter maior concentração dos antioxidantes chamados de fenóis.


Qualquer azeite deixa a batata frita saudável?
Não, e isso deve ser muito bem frisado. As batatas fritas são benéficas se forem fritas em azeite extra-virgem, o tipo mais nobre dos azeite, e quando estão frescas. Ou seja, aquelas batatas congeladas compradas no mercado não se encaixam na categoria “saudável“ -- principalmente as pré-fritas e que mostram no rótulo a informação: "gorduras trans". Estas são sempre prejudiciais e DEVEM ser evitadas.



Por que a bata…

Treine o cérebro para comer alimentos saudáveis

Imagem
Os alimentos altamente calóricos olham para você como se estivessem te chamando? Se os chocolates dizem “coma-me” e você não resiste, saiba que é possível controlar seu cérebro para trocá-los por saladas e alimentos saudáveis.


Leia também:Licopeno: quantidade em cada tipo de tomate.


Isso porque não há uma razão biológica para a maioria de nós preferirmos sorvete a brócolis. A razão disso é o instinto, e lutar contra ele é o maior desafio.


Esse tal instinto – inimigo das dietas – é do tempo das cavernas, literalmente. Na maior parte da história humana, as pessoas não tinham alimentos o suficiente. Por isso a procura por gordura e alimentos altamente calóricos era grande – tudo pela sobrevivência.

Agora, as opções de alimentos são variadas e facilmente adquiridas. Mesmo assim, o cérebro tende a buscar alimentos ricos em calorias sempre que eles estão por perto, para evitar morrer de fome como no passado...

(Por que o bolo de chocolate é irresistível)

...Isso ajuda a explicar porque aquele …

Dieta vegetariana pode não ser tão saudável [se as escolhas forem erradas]

Imagem
O trecho abaixo veio de uma reportagem da Folha cujo título é: "Dieta Vegetariana não é sinônimo de saúde, mostram estudos".


E a chave para o problema do vegetarianismo, mas principalmente do veganismo (não comem ovos nem laticínios), é justamente essa, ser vegetariano só é mais saudável do que ser onívoro* (o popular carnívoro) se a pessoa souber escolher os alimentos certos para compor a necessidade dos nutrientes que só são encontrados na carne ou que são mais abundantes nela. Vamos entender?

*Se alimenta tanto de produtos animais quanto de vegetais.


O que que a dieta vegetariana não tem que a carne tem?
Pra falar sobre isso talvez seja interessante citar tudo o que a carne tem...

Proteínas
As carnes de todas as "cores" são riquíssimas em proteínas que em nosso estômago de quebram em aminoácidos para ao serem absorvidas se transformarem novamente nas proteínas que nosso corpo precisa.

Vitamina B12
Nenhum outro alimento é tão rico em vitamina B12, essencial para no…

Rótulos de alimentos deverão mudar para favorecer alimentação saudável!

Imagem
Anvisa está discutindo uma nova rotulagem de alimentos que ajudará o consumidor a fazer escolhas melhores para a sua alimentação.

Queremos rótulos que ajudem o consumidor a comer bem! Essa frase é da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que está discutindo uma nova rotulagem de alimentos que ajudará o consumidor a fazer escolhas melhores para a sua alimentação.


Importância das informações dos rótulos de alimentos
As informações que vêm nos rótulos de alimentos são importante para que o consumidor possa fazer escolhas conscientes sobre o que vai para sua mesa no dia a dia. Mas como deve ser o rótulo dos alimentos para que as informações sejam de fácil entendimento e respondam às dúvidas sobre a qualidade nutricional do produto?

A procura por esta resposta está no centro do trabalho que a Anvisa vem realizando sobre rotulagem nutricional. Nesta segunda-feira, a Agência realizou uma reunião com as entidades envolvidas no tema e que fazem parte do Grupo de Trabalho criado em …

Guia Alimentar para a População Brasileira: 10 passos para alimentação saudável

Imagem
Guia Alimentar para a População Brasileira do MS ensina 10 simples passos para uma alimentação saudável


O Guia Alimentar para a População Brasileira, elaborado pelo Ministério da Saúde do Brasil em parceira com a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e a Universidade de São Paulo (USP), oferece várias dicas de combinações saudáveis para o café da manhã, almoço, jantar e lanches, respeitando as diferenças regionais e sugerindo alimentos e bebidas de fácil acesso para os brasileiros.

Entre outras informações, a publicação apresenta...

10 passos simples para alcançar uma alimentação saudável

1) Prefira sempre alimentos in natura ou minimamente processados.

2) Utilize óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades.

3) Limite o consumo de alimentos processados.

4) Evite alimentos ultraprocessados, que são aqueles que sofrem muitas alterações em seu preparo e contêm ingredientes que você não conhece.

5) Coma regularmente e com atenção. Prefira alimenta…

Lanches saudáveis: dicas para fazer lanches saudáveis

Imagem
Sabemos que no dia a dia é importante se alimentar bem e que sentar à mesa para almoçar sem pressa é a forma mais saudável de fazer suas refeições e que os lanches saudáveis nem sempre estão à disposição...

Assim, deixar os lanches e sanduíches para finais de semana ou raras ocasiões é o ideal. Alimentos como arroz e feijão, carnes magras e principalmente as brancas, além de um prato colorido com variedades de vegetais crus e cozidos são a melhor escolha para seu prato. Mastigar muitas vezes e evitar comer com pressa também fazem bem, aliás muito bem.






Isso nem sempre é possível devido à correria do dia a dia. Então, ao invés de ficar se martirizando com excesso de culpa por ter uma jornada de emprego de 6 horas que só permite 15 minutos de lanche e falando: "Como vou me alimentar bem com 15 minutos de intervalo e depois tenho que sair correndo para a faculdade? Assim, tenho que comer sanduíches todos os dias!"

Na-na-nina-não! Você pode sim, evitar salgados fritos e croissants …