Postagens

Mostrando postagens com o rótulo alzheimer tratamento

SUS tem novo medicamento para Alzheimer

Pacientes com Alzheimer contarão com novo medicamento no SUS

Os pacientes que sofrem com o Alzheimer terão mais uma opção de tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). O medicamento “Memantina” foi incorporado nesta quinta-feira (9/11), pelo Ministério da Saúde e estará à disposição da população em até 180 dias nas unidades de saúde do país. O novo fármaco, que será ofertado em comprimidos, proporcionará melhor qualidade de vida dos pacientes com esta doença, que afeta um terço da população idosa.

A decisão da oferta do medicamento no SUS ocorreu após avaliação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) em julho deste ano. “A incorporação é uma luta antiga de representantes e pacientes que sofrem com a doença. É uma conquista significativa que influenciará favoravelmente na qualidade de vida dos doentes e cuidadores”, afirmou Marco Fireman, Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde.



O mal de Alzheimer atinge 33% da popula…

Caviar em cápsulas: benefícios

Imagem
Uma novidade que pode ser considerada inusitada por muitos é capaz de deixar o cérebro tinindo... Estou citando o caviar em cápsulas benefícios e como age no organismo:

Considerado um modulador inflamatório, os fosfolipídios de caviar têm enorme capacidade de melhorar a ação cognitiva e de proteger o sistema nervoso central. Ricos em ômega 3, a ação deles é comprovadamente superior se comparada a outras fontes deste importante ácido graxo.

O nome pode soar estranho, mas o poder que as moléculas do caviar em cápsulas (FC-Oral na farmácia de manipulação) têm não deixa dúvidas com relação à capacidade de trazer benefícios imensos à nossa saúde.

Mas vamos começar do início...


Há diferentes tipos de ácidos graxos que fazem parte do nosso corpo. No grupo dos lipídeos encontramos os fosfolipídios, os principais componentes das membranas celulares. Entre suas várias funções, uma delas consiste em ativar as enzimas (o que são enzimas e para que servem) e agir como mensageiros na transmissão de …

Mal de Alzheimer: exame de sangue preventivo em breve

Imagem
Uma notícia que está sendo veiculada por todos os meios de comunicação pode soar como um alento para quem tem medo de ter Mal de Alzheimer: umexame de sangue pode prever - e com precisão - se a pessoa irá desenvolver o Mal de Alzheimer, segundo pesquisadores norte-americanos.

Os testes mostraram a detecção de níveis de 10 gorduras no sangue permitiria detectar - com 90% de precisão - o risco de uma pessoa desenvolver a doença nos próximos três anos.

Os primeiros resultados foram publicados na revista Nature Medicine. A próxima etapa da pesquisa terá testes clínicos maiores. Especialistas dizem que os resultados ainda precisam de ser confirmados, mas que tal exame seria "um verdadeiro passo em frente".

Atualmente, há 44 milhões de pessoas com demência (entre elas o Mal de Alzheimer) em todo o mundo, mas este número deverá triplicar até 2050.


Importância do exame de sangue para Alzheimer: A doença ataca o cérebro silenciosamente por mais de uma década antes que os primeiros s…

Globo Repórter: Sapo amarelo para tratar Alzheimer

Imagem
Sapinhos com toxinas podem ajudar no tratamento de Alzheimer

Mais uma esperança para quem sofre ou tem um parente que sofre do Mal de Alzheimer, doença incapacitante e que suga a energia do cuidador.



O sapo amarelo (cujo nome científico não foi revelado pelo programa, pois provavelmente ainda não o recebeu*) pode conter uma toxina que poderá ser utilizada no tratamento de Alzheimer. Acredita-se que o sapinho amarelo possua essa toxina devido à coloração intensa amarela e que a toxina seja na verdade um mecanismo natural de proteção do anfíbio. O animal se cria na água das pequenas folhas das bromélias (a natureza é sábia e linda). E nas palavras dos pesquisadores, que falaram ao Globo Repórter:
“Pela coloração intensa dele, é bem provável que tenha uma toxina como mecanismo de proteção”, diz o biólogo Luiz Fernando Ribeiro, da UFPR. “São toxinas parecidas com a tetrodotoxina, e que pode ter uma aplicação muito útil no tratamento de doenças neurológicas, como a doença de Parkinson e a

Exame de sangue para diagnosticar Alzheimer

Uma descoberta recente pode revolucionar o tratamento do mal de Alzheimer, principalmente com relação à prevenção dos agravamentos da doença.

Um exame de sangue poderá ser capaz de diagnosticar o mal de Alzheimer, de acordo com pesquisadores norteamericanos.



Um diagnóstico precoce a partir do fluido vertebral (através de punção na coluna) já tinha sido anunciado por pesquisadores. Mas tal meio de detecção de Alzheimer além de ser doloroso só estaria disponível em clínicas especializadas.

Se o diagnóstico de alzheimer for realizado por um exame de sangue tornaria o diagnóstico muito mais simples, de acordo com Sid O'Bryant, do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Texas Tech.

"Um exame sanguíneo abre acesso a todos. Qualquer clínica pode fazer isso. Até mesmo enfermeiras de cuidados domésticos podem fazer", disse O'Bryant, cujas conclusões foram publicadas na revista "Archives of Neurology".

O alzheimer atualmente é diagnosticado pelos sintomas, e só p…