Postagens

Mostrando postagens com o rótulo câncer

OMS propõe medidas contra o câncer em países de baixa e média renda

OMS propõe medidas para salvar 7 milhões de vidas ameaçadas pelo câncer A Organização Mundial da Saúde (OMS) destaca nesta terça-feira (4) a necessidade de aumentar os serviços de atenção à saúde destinados ao tratamento de câncer em países de baixa e média renda . A OMS alerta que, se as tendências atuais continuarem, haverá um aumento de 60% nos casos de câncer no mundo nas próximas duas décadas. O maior aumento (81%) no número de novos casos ocorrerá em países de baixa e média renda, onde as taxas de sobrevivência são atualmente as mais baixas. Doenças infecto-contagiosas ainda são prioridade nos países de baixa renda Isso se deve, em grande parte, ao fato desses países terem priorizado as ações de saúde e seus limitados recursos na luta contra doenças infectocontagiosas e na melhoria da saúde materno-infantil — enquanto deixam uma lacuna nos sistemas de saúde quanto a organização para prevenção, triagem, diagnóstico e tratamento adequados para as pessoas com câncer . Em

Câncer: pesquisa mapeia 2658 tipos da doença podendo revolucionar tratamento

Estudo mapeia 2.658 tipos de câncer e pode revolucionar tratamento da doença Informações podem ajudar a criar tratamentos individualizados para cada paciente ou a encontrar novas formas de detectar o câncer precocemente. Um grupo de mais de mil cientistas montou a base de dados mais completa já compilada até hoje sobre o câncer. Segundo eles, o câncer é como um quebra-cabeças de 100 mil peças e ainda faltavam "99% dessas peças". Ler matéria completa no G1... . Outra fonte: Nature . ➤➤ LER TAMBÉM: Câncer: 15 Sintomas precoces importantes   " Para mim, escrever sobre saúde é necessidade fisiológica. Amo o que faço porque faz parte de mim. " (Renata Fraia - farmacêutica e jornalista)

Câncer de laringe: Sintomas e tratamentos

Imagem
Câncer de Laringe O câncer de laringe (um tipo de câncer de garganta ) é um dos mais comuns a atingir a região da cabeça e pescoço, representando cerca de 25% dos tumores malignos que acometem esta área e 2% de todas as doenças malignas. Aproximadamente 2/3 desses tumores surgem na corda vocal verdadeira e 1/3 acomete a laringe supraglótica (ou seja, localizam-se acima das cordas vocais). Sintomas do câncer de laringe Na história do paciente, o primeiro sintoma do câncer de laringe é o indicativo da localização da lesão. Assim, odinofagia (dor de garganta) sugere tumor supraglótico e rouquidão indica tumor glótico e subglótico. O câncer supraglótico geralmente é acompanhado de outros sinais e sintomas como a alteração na qualidade da voz, disfagia leve (dificuldade de engolir) e sensação de um "caroço" na garganta. Nas lesões avançadas das cordas vocais, além da rouquidão, pode ocorrer dor na garganta, disfagia e dispnéia (dificuldade para respirar ou falta de ar). Tr

Câncer: 15 Sintomas precoces importantes

Alguns sintomas podem indicar a presença de tumores malignos (câncer) e devem ser investigados por um médico. Abaixo, alguns sintomas que podem diagnosticar precocemente um câncer. 15 Sintomas do câncer, precoces e importantes 1: Perda inexplicável de peso Muitas mulheres gostam de perder peso sem esforço, mas uma perda significativa e inexplicável de peso corporal – cerca de cinco quilos em um mês – sem um aumento das atividades físicas ou uma redução na ingestão de calorias deve ser pesquisada devido aos sintomas evidentes. A menos que se prove o contrário, uma perda importante e não justificada de peso significa a presença de tumores malignos. É claro que pode tratar-se de uma outra condição como o funcionamento aumentado da glândula tireoide. Procure um médico, ele deve avaliar a causa da perda de peso. 2: Edema (inchaço) O edema é tão comum que muitas mulheres simplesmente convivem com ele. No entanto, ele pode mostrar um câncer de ovário. Outros sintomas desta con

Sub-diagnóstico em câncer de tireoide pode ser evitado com ferramenta criada em estudo brasileiro

Pesquisa publicada no JAMA identificou que 46% dos pacientes apresentavam metástases linfonodais cervicais ocultas e alterou o tratamento em 38% dos casos analisados. Um artigo de pesquisadores brasileiros e publicado no no periódico JAMA Otolaryngology-Head & Neck Surgery, a investigou ferramentas mais precisas para evitar o sub-diagnóstico de metástases linfonodais cervicais do carcinoma papilífero de tireoide . O estudo mostrou que utilizando o exame Linfocintilografia com SPECT/CT (Single-photon emission computed tomography) para Pesquisa de Linfonodo Sentinela, seguido de uma Biópsia Radioguiada desse linfonodo sentinela é possível detectar metástases linfonodais ocultas aos métodos convencionais de imagem. A pesquisa avaliou 42 pacientes com carcinoma papilífero de tireoide menores que 1 cm e sem suspeita de metástases linfonodais cervicais, que foram submetidos a Linfocintilografia de tireoide com SPECT/CT para Pesquisa de Linfonodo Sentinela, seguidos de biópsia r

Teste do Olhinho e a cura do câncer de retina em bebês

Imagem
"Teste do Olhinho" possibilita chance de cura de mais de 90% dos casos de câncer de retina em bebês O retinoblastoma -- um tipo de câncer nos olhos -- se desenvolve na retina das crianças geralmente até os três anos e será um dos temas discutidos no Congresso Brasileiro de Oncologia Pediátrica. O “ Teste do Olhinho ” ou “ Teste do Reflexo Vermelho ” o câncer das células da retina, que acomete bebês, na maioria dos casos. Teste do Olhinho e a cura do câncer de retina em bebês Como é feito o teste do olhinho? Uma fonte de luz sai do oftalmoscópio, onde é observado o reflexo que vem das pupilas. Quando a retina é atingida por essa luz, os olhos saudáveis refletem tons de vermelho, laranja ou amarelo. Já quando há alguma alteração, não é possível observar o reflexo, ou sua qualidade é ruim, esbranquiçada. A Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE) alerta que é essencial que o exame tenha uma lei federal, já que as chances de cura chegam a mais de 90% se e

Onze motivos pra você emagrecer o quanto antes... e tem a ver com câncer!

Imagem
Obesidade estaria ligada a onze tipos de câncer Cientistas, do Departamento de Cirurgia e Câncer e da Escola de Saúde Pública, ambos do Imperial College of London, no Reino Unido, combinaram dados de estudos e concluíram que excesso de peso está associado ao maior risco de ter algumas formas de câncer. A conclusão foi baseada em 240 meta-análises da produção científica existente sobre o tema. O que os pesquisadores liderados por Maria Kyrgio (no Departamento...) e Kostas Tsilids (na Escola...) fizeram foi compilar uma série de estudos anteriores e encontraram mais de dois mil estudos acerca da relação entre obesidade e câncer . Depois as pesquisas foram triadas segundo os critérios científicos para obtenção dos dados. Os cientistas constataram a existência de ligações significativas entre o índice de massa corporal (IMC) elevado e certos tumores malignos. [ calcule seu IMC ]. Para eles, agora está bastante claro que prevenir o excesso de peso pode reduzir o risco de desenvolv

Embalagem de fast-food faz mal à saúde

Imagem
Embalagens de fast-food prejudicam a saúde, diz pesquisa Um novo estudo mostrou que produtos químicos usados na fabricação da embalagem entram em contato com o alimento e podem causar diabetes e câncer. Você não dispensa um fast-food , apesar de saber que esse tipo de alimento faz mal? Pois saiba que tal hábito pode fazer ainda mais mal. Embalagem de fast-food faz mal à saúde / câncer e diabetes estão entre as doenças Um novo estudo publicado recentemente na revista científica Environmental Science & Technology Letters mostra que produtos químicos utilizados na produção das embalagens em que os alimentos são armazenados após prontos podem causar doenças como diabetes e câncer . “Essas substâncias químicas têm sido associadas a inúmeros problemas de saúde, por isso é preocupante que as pessoas estejam potencialmente expostas a elas em alimentos”, disse Laurel Schnaider, principal autora do estudo. A pesquisa, realizada pelo Instituto Silent Spring, nos Estados Unidos,

Johnson indenizará mulheres afetadas por amianto em talco

Câncer atribuído a talco obriga Johnson & Johnson a pagar R$ 18 bilhões em indenização a mulheres A Johnson & Johnson foi condenada a indenizar 22 mulheres com o equivalente a cerca de 18,3 bilhões de reais que alegam ter desenvolvido câncer de ovário ao usar talcos produzidos pela multinacional. Do total de mulheres que foram à Justiça em busca de indenização, seis morreram de câncer no ovário . Seus advogados alegam que a multinacional farmacêutica sabia que o talco estava contaminado com amianto desde os anos 1970, mas falhou em alertar os consumidores. Embed from Getty Images Relação entre Talco e Amianto O talco é um mineral que, às vezes, pode ser encontrado no solo próximo ao amianto. O que diz a Johnson & Johnson sobre o talco com amianto? Em sua defesa, a J&J nega que seus produtos contivessem amianto e insiste que o talco não causa câncer . A empresa acrescentou que vários estudos mostraram que seu talco é seguro e disse que o veredito foi produto

ASCO 2018: Roche apresentará novos dados de 19 medicamentos anti câncer

Imagem
Estudos de câncer de pulmão e tumores hematológicos serão destaques do evento A Roche anunciará, durante o Encontro Anual da American Society of Clinical Oncology (ASCO) 2018, análises clínicas de 19 medicamentos anti câncer . Os estudos demonstram o avanço da medicina no combate à uma das principais doenças do mundo ( câncer ) e a oportunidade de especialistas de diversos países conhecerem novas formas de diagnóstico e tratamento de tumores malignos. A empresa apresentará 180 resumos sobre 13 tipos de câncer, incluindo dois “late-breakers” e 15 apresentações orais. Dados de estudos sobre câncer de pulmão “Entre os novos dados estarão os estudos focados em pulmão e na área de hematologia, que demonstrarão como a abordagem científica da Roche visa buscar e aprimorar soluções para que as pessoas com estes tumores vivam mais e melhor, enquanto a cura ainda não é possível”, afirma Lenio Alvarenga, diretor médico da Roche Farma Brasil. “Estamos ansiosos para compartilhar nosso prog

Falta de contato com micróbios pode causar leucemia

Imagem
Falta de contato com germes é uma das causas de câncer infantil no sangue Viver falando para o seu filho: " Lava essa mão, menino! " pode não ser uma atitude tão saudável assim. É que um estudo recente importante confirmou o que já se acreditava há cerca de uma década. Uma infância sem exposição a micróbios é uma das causas do tipo mais comum de câncer infantil , a leucemia linfoblástica aguda  - doença que afeta uma em cada 2000 crianças - afirma um dos especialistas em câncer mais reputados do Reino Unido. A descoberta não pretende alarmar os pais ou ser contra o estilo de vida atual livre de germes, mas apenas constatar que expor as crianças a alguns micróbios pode ser benéfico. Como foi o estudo que demonstrou que os micróbios "previnem" a leucemia O especialista do Instituto de Investigação do Câncer, Mel Greaves , analisou 30 anos de evidências científicas para tentar perceber o que está na sua origem. Os resultados foram publicados na Nature Reviews Ca

Tabagismo eleva em três vezes o risco de câncer de bexiga

Maio Vermelho: SBU-SP alerta para a prevenção do câncer de bexiga no mês de combate ao tabagismo Com o objetivo de chamar a atenção para a importância do diagnóstico precoce e o tratamento do câncer de bexiga, a SBU-SP, Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo promove campanha de conscientização com iniciativas para todo o Estado, dada a relevância do assunto, no mês de combate ao tabagismo, também chamado de Maio Vermelho. Segundo estimativas, o câncer de bexiga afeta cerca de 2,4% da população no País. No dia 08 de maio, terça-feira, às 18h, na Assembleia Legislativa de São Paulo, o urologista Dr. Roberto Vaz, diretor da Sociedade Brasileira de Urologia de São Paulo, coordenador e idealizador da campanha, membro do Instituto de Urologia do Hospital Alemão Oswaldo, fará uma palestra gratuita e aberta ao público, alertando sobre a importância da prevenção, sintomas iniciais da doença e os últimos tratamentos disponíveis. Durante todo o mês de maio, o prédio da Alesp ganhará il

Câncer de cabeça e pescoço: 5 coisas que você precisa saber

Imagem
Cinco coisas que você precisa saber sobre câncer de cabeça e pescoço O câncer de cabeça e pescoço já é considerado o nono tipo de tumor mais comum no mundo. Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) estimam que cerca de 22 mil brasileiros sejam diagnosticados com a doença, ainda neste ano. Os dois tipos mais comuns de câncer na região são cavidade oral e laringe. Embora esses tumores cresçam de maneira silenciosa, com poucos sinais e sintomas, a boa notícia é que cerca de um terço deles pode ser evitada. O oncologista Auro Del Giglio, coordenador do HCor Onco, esclarece cinco dúvidas frequentes sobre este tipo de câncer. Confira! 1. Quais partes do corpo são afetadas? O câncer de cabeça e pescoço se manifestam por meio de nódulos ou tumores nas glândulas salivares, parótidas, tireoide, pescoço, rosto, boca, língua, gengiva, laringe e faringe. 2. Álcool e cigarro são os principais fatores de risco? Enquanto o hábito de fumar vem diminuindo, o número de casos de HPV seg

INTERSTíCIO, o Novo órgão no corpo humano que acaba de ser 'descoberto' pode ajudar a evitar metástases

Imagem
Interstício, o 'novo órgão' do corpo humano que a ciência acaba de descobrir Essa notícia da ciência da saúde é importantíssima. Ela poderá ajudar, inclusive, no combate às metástases (quando um câncer 'se espalha' pelo corpo). E você pode se perguntar: por que, Renata, você colocou a palavra descobrir entre aspas? Simples. É que os cientistas já sabiam que o interstício existia, mas não se sabia tanto sobre ele e — principalmente — que ele era um órgão. E foi por meio de uma tecnologia mais avançada que os cientistas puderam, finalmente, identificá-lo: trata-se de um espaço cheio de pequenas cavidades preenchidas por líquido, que está presente entre os tecidos (por isso intersticial) do nosso corpo. Os especialistas o classificaram como um novo órgão do corpo humano. E por incrível que pareça, o órgão interstício pode ser um dos maiores órgãos do nosso corpo. Os cientistas dizem que essa extensa rede cheia de cavidades de colágeno e elastina é repleta de líq

Medicina Nuclear aplicada ao câncer: simpósio em Campinas!

Imagem
MND realiza simpósio de medicina nuclear em Campinas O Grupo MND – Medicina Nuclear de Campinas realiza, em parceria com a UNICAMP, a XIII edição do Simpósio Edwaldo Camargo – PET/CT e SPECT/CT em Oncologia, com o objetivo de discutir as mais recentes aplicações de Medicina Nuclear (desde diagnóstico até tratamento) nos cânceres do Trato Gastro-Intestinal e de Pulmão. A quem é voltado o Simpósio de Medicina Nuclear? O evento tem caráter multidisciplinar, voltado a médicos nucleares, oncologistas, gastrocirurgiões, gastroclínicos, pneumologistas, cirurgiões torácicos, radiologistas e radioterapeutas. Também é de interesse para residentes e estudantes de medicina. Referências em medicina nuclear na programação O encontro terá referências internacionais na programação: os Drs. Homer A. Macapinlac, e Chefe da Divisão de Medicina Nuclear do MD Anderson Cancer Center da Universidade do Texas (Estados Unidos), e Rathan Subramaniam, Chefe da Divisão de Medicina Nuclear e Direto

Dia de Luta contra o Câncer Infantil: a pauta é Leucemia

Imagem
Dia de Luta contra o Câncer Infantil é lembrado em 15 de fevereiro. Neste texto abordarei sobre a leucemia , o câncer mais frequente em crianças e adolescentes. A leucemia, que não pode ser prevenida, mas tem tratamento que pode levar a cura da doença . O câncer é a segunda causa de morte entre crianças e adolescentes até os 19 anos de idade, segundo dados do Inca. A leucemia é o tipo mais comum da doença nessa faixa etária e corresponde a 26% de todos os tumores malignos. Não existe prevenção, mas com o tratamento já é possível curar a doença em muitos pacientes. “A taxa de sobrevida, principalmente para crianças, varia entre 60 a 80%. Em muitos casos, a doença não ocorre mais após o tratamento”, afirma Juliana Souza Lima, hematologista do Instituto de Hematologia e Oncologia Curitiba/Grupo Oncoclínicas. Fatores que favorecem o aparecimento da leucemia Embora a leucemia não possa ser prevenida, existem alguns fatores que podem favorecer o seu desenvolvimento. “Não existe co

Registrados medicamentos para doença autoimune e câncer

Imagem
Novos produtos biológicos vão ajudar pacientes com mieloma, câncer de mama e gástrico. Dois novos biossimilares também foram registrados A Anvisa publicou no Diário Oficial da União o registro de quatro novos medicamentos. Dentre eles, dois são medicamentos biológicos novos e dois são biossimilares. O Empliciti (elotuzumabe) é o primeiro da classe dos anticorpos monoclonais IgG1 imunoestimulatórios humanizados. Eles atacam a proteína SLAMF7, altamente presente em células de mieloma (independente de anormalidades citogenéticas), e também em células natural killer (células do sistema imune que matam as células infectadas, as mal formadas e as células tumorais). A atividade imunoestimulatória deste medicamento biológico em combinação com outras drogas traduz-se em aumento de sobrevida, com duração de resposta prolongada para pacientes previamente tratados que apresentem recorrência ou sejam refratários a tratamentos anteriores para mieloma múltiplo. Doenças autoimunes O seg

Bebidas alcoólicas elevam risco de câncer

Imagem
Estudo mostra como consumo de álcool eleva risco de câncer Uma pesquisa publicada na revista " Nature " nesta quarta-feira (3) mostra, com testes em cobaias, como as bebidas alcoólicas aumentam o risco de câncer. Os cientistas demonstraram que um subproduto da bebida alcoólica, o acetaldeído, provoca danos permanentes ao DNA de células-tronco no sangue . O que se sabia sobre a relação bebidas alcoólicas e câncer O risco aumentado do consumo de álcool para o câncer já era conhecido. O Inca (Instituto Nacional do Câncer) relaciona o consumo com maior chance de câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, estômago, fígado, intestino (cólon e reto) e mama (pré e pós-menopausa). O que o estudo trouxe de novo sobre álcool e câncer A diferença com a pesquisa agora é que esse risco de desenvolver o câncer foi analisado com detalhes no metabolismo de cobaias -- um avanço em relação a estudos populacionais que chamam a atenção para a relação entre álcool e câncer , mas não

4 novos medicamentos para o câncer são aprovados

Imagem
Aprovada lenalidomida e mais 3 tratamentos para câncer Novos medicamentos aprovados pela Anvisa ampliam opções para tratar diferentes tipo de câncer. Os fármacos são a lenalidomida, o durvalumabe, o olaratumabe e o netupitanto associado com a palonosetrona. Os produtos são inéditos no país e ampliam as variedade para o tratamento de diferentes tipos de câncer. Os novos medicamentos para o câncer chegarão ao mercado de acordo com a programação de cada fabricante. Confira a seguir os novos tratamentos para o câncer aprovados pela Anvisa, indicações e características. Os novos medicamentos para o câncer Revlimid® (Lenalidomida) O medicamento é indicado, em combinação com a dexametasona, para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo refratário ou recidivado que já tenham recebido pelo menos um tratamento anterior. A lenalidomida também é indicada para pacientes com anemia dependente de transfusões decorrentes de síndrome mielodisplásica. O Revlimid foi registrado na fo