Postagens

Mostrando postagens com o rótulo carne vermelha

Comer carne: confira novo estudo sobre o assunto

Imagem
Comer carne (vermelha e de frango) mais de duas vezes por semana pode causar doenças cardíacas, além de câncer e qualquer doença. Da Veja Segundo com um estudo publicado nesta segunda, 3, no periódico científico JAMA Internal Medicine, o consumo de carne pode ser muito prejudicial à saúde. De acordo com a pesquisa — feita por cientistas das universidades Northwestern e Cornell (ambas nos EUA) —, ingerir carne vermelha, processada ou de frango duas vezes por semana resulta em chances de 3% a 7% maiores do indivíduo desenvolver doenças cardiovasculares. Ainda consta no artigo que a carne vermelha está intimamente ligada a uma maior incidência de mortes por qualquer causa. O consumo desse tipo de proteína, afirmam os cientistas, tem sido constantemente relacionado ao aparecimento de males como o câncer.  Ler matéria completa na Veja . ➤➤  Leia também: Carne vermelha - males que o consumo excessivo provoca

Tortura no Matadouro! Avaaz faz matéria sobre sofrimento dos animais

Imagem
Você já parou pra pensar que um boi pode sofrer enquanto está em um matadouro -- tanto enquanto espera sua morte quanto chega seu dia? Sim, não? Não existe resposta certa , pois não é pecado não sentir pena dele... pelo menos não até você se dar conta disso . Você, eu e quase todo mundo nasceu e foi criado para achar normal criar um animal, engordá-lo e, então matá-lo para comer. Mas se você começar a pensar melhor, pode não achar essa atitude humana tão normal (moralmente e ecologicamente) assim. Mas e a proteína? Precisamos dela!! Sim, mas há outras fontes de proteína que não a carne, assim como de ferro e d vitamina B12, os nutrientes mais importantes da carnes, sobretudo das vermelhas. É claro que -- e gosto de frisar muito isso -- não basta simplesmente parar de comer carne e achar que pode comer de tudo um pouco que você se manterá nutrido. Infelizmente (mesmo!), não é bem assim. Substituir a carne não é tão fácil, pois tem-se que fazer várias combinações m praticamente tod

Alzheimer pode ser prevenido ainda no útero

Imagem
Uma alimentação rica em gordura é sabidamente prejudicial à saúde. Mas um estudo recente, feito pela Universidade de Stanford, na Inglaterra, com camundongos, mulheres que se alimentam com comida rica em gordura durante a gestação, podem tornar seus filhos mais sujeitos a desenvolver o Mal de Alzheimer quando forem idosos. Mais uma prova de que comida gordurosa faz mal ! Os pesquisadores perceberam que os filhotes tinham maior probabilidade - na comparação com aqueles gerados em uma gestação normal - a ter o fluxo sanguíneo prejudicado no cérebro, uma característica ligada à doença. Após o nascimento, a gordura também provocou danos na atividade cerebral. O que fazer ao saber da notícia? As mulheres grávidas ou que pretendem engravidar devem diminuir o consumo de gordura na alimentação. O adultos podem perguntar às suas mães como foi sua alimentação na gravidez, para saber se correm algum risco de desenvolver a doença. Certo? Leia mais sobre o Mal de Alzheimer . font

Os perigos das dietas (regimes) pobres em carboidratos e rica em carnes (proteinas) e gorduras

"Cientistas americanos sugerem que as dietas pobres em carboidratos e ricas em proteínas aumentam o risco de infartos e ataques cardíacos porque causam danos nas artérias" Pesquisadores do Beth Deaconess Medical Center, da Universidade de Harvard, testaram três dietas diferentes em camundongos e afirmam que a alimentação rica em peixes, carnes e queijo – como as dietas de Dr. Atkins e South Beach , por exemplo – causaram danos às artérias dos roedores. Essa matéria veio da BBC-Brasil, leia-a na íntegra em BBC Brasil - Ciência & Saúde .

Conservação de carnes vermelhas, métodos

Imagem
Uma técnica foi desenvolvida por pesquisadores para prolongar a vida útil de qualquer corte de carne. Interessante, não? A coluna "Você não sabia, mas já existe" do Bom dia Brasil - globo, de 11 de maio traz um assunto sobre um alimento que exige uma conservação cuidadosa e tem uma vida curta, se estraga com facilidade: a carne. Conservação de carnes vermelhas Abaixo você confere o tempo ideal de conservação desse alimento tão perecível a carne. 1 - Conservação de carne de BOI  carne magra 10 a 12 meses carne gorda ou com osso 4 a 6 meses carne moída ou picada 3 a 4 meses miúdos 2 meses carne salgada ou defumada 1 mês 2 - Conservação de carne de PORCO  carne magra 5 a 6 meses carne gorda ou com osso 2 a 3 meses carne moída 1 a 3 meses presunto 2 meses toicinho 1 mês 3 - Conservação de carne de CORDEIRO E CABRITO carne magra 7 a 9 meses carne gorda ou com osso 4 a 5 meses carne moída 2 a 3 meses 4 - Conservação de carne de VITELA