Postagens

Mostrando postagens com o rótulo cirurgias plásticas

Cirurgia para emagrecer os dedos dos pés

Imagem
A “nova febre entre as americanas”: a cirurgia para emagrecer os dedos dos pés.

Sim, a neurose americana já se tornou tão específica que, agora, a ordem do dia é dar fim ao “embaraço grave” da largura dos dedos, uma condição conhecida como "toe-besity".

Algumas mulheres chegam até a pensar na remoção de seus dedos mindinhos para caber em sapatos menores...



Segundo informações do programa Good Morning America, da ABC News, em Nova York, quando as pessoas procuram o Dr. Oliver Zong para...

“Fazer uma cirurgia plástica”, elas não estão pensando em remover a gordura da barriga ou das coxas. Zong é um podólogo e uma de suas especialidades é “emagrecer os dedos das pessoas gordas”, prática a qual ele se dedica há mais de dez anos.
Segundo Zong, as primeiras intervenções eram destinadas à retirada de gordura dos pés. Hoje, as pessoas já solicitam também a diminuição da largura de seus dedos. Assim, ele realiza muitas cirurgias para raspar gordura e osso para devolver a autoestima a…

Labioplastia de redução, o que é?

Imagem
Cirurgia de Labioplastia promove o equilíbrio facial e deixa os lábios mais harmoniosos.

Lábios grossos podem ser sinônimo de sensualidade e beleza, mas nem todo mundo gosta de ter um “bocão”. De acordo com o cirurgião plástico Alderson Luiz Pacheco, homens e mulheres reduzem o volume dos lábios por meio da cirurgia plástica para se sentirem melhor e mais belos. “É a labioplastia de redução. Esta cirurgia altera o formato e o volume dos lábios. O objetivo é deixar o rosto harmonioso e os lábios em equilíbrio com o restante do rosto”, afirma.

Labioplastia de redução, o que é?
Pacheco, que é credenciado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), explica que é feita uma incisão na parte interna dos lábios e a porção excedente é retirada por meio de uma cânula com espessura fina. “O paciente é submetido a anestesia local para que o procedimento possa ser realizado. Outra alternativa é fazer o bloqueio do chamado nervo infra-orbitrário, que transmite os estímulos dolorosos na r…

Dicas para enfrentar o pós-operatório de cirurgias plásticas

Imagem
Após passar por uma cirurgia plástica, é essencial que o paciente tenha muita paciência.

Dependendo do procedimento feito, os resultados podem não ser imediatos e, mesmo após o retorno para a sua casa, são necessários cuidados especiais para que o resultado da operação seja o melhor possível e esse período seja menos dolorido.

Ficar com hematomas e com o corpo dolorido e inchado, são acontecimentos que comumente atingem os pacientes que passaram por cirurgias plásticas, assim como recomendações genéricas para praticamente qualquer procedimento, como o repouso por alguns dias e o retorno para consultas pós-operatórias.

Dicas para enfrentar o pós-operatório de cirurgias plásticasCuidados com o pós-operatório de cirurgias plásticas
“Após a operação, o corpo permanece inchado e dolorido durante um tempo, dependendo do procedimento que foi realizado. Para fazer com que o inchaço diminua e esse período se torne mais confortável, além das sessões de drenagem linfática e do uso de malhas de c…

Como escolher um cirurgião plástico adequadamente

Imagem
Quando pensar em fazer uma cirurgia plástica é fundamental que o médico seja cirurgião plástico, não apenas cirurgião geral. O segundo passo é verificar se o cirurgião plástico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

E qual a diferença entre os profissionais que são membros da SBCP para os que não são? 
O cirurgião plástico estuda, em média 11 anos, dos quais 6 foram de graduação em medicina, 2 anos de cirurgia geral e, por fim, 3 anos de residência em cirurgia plástica. E para ser um membro da SBCP o médico ainda terá que realizar prova escrita e oral e depois de dois anos poderá se tornar membro da sociedade. Leia o texto abaixo (no final há um resumo).

O local da cirurgia é outro ponto crucial. É aconselhável que o procedimento seja realizado em um hospital e não em clínicas e consultórios. Apenas um hospital pode oferecer um centro cirúrgico adequado e uma UTI, para o caso de alguma emergência. Além disso, convém visitar o hospital antes de marcar a cirurgia.

Próteses de silicone importadas antes da suspensão da Anvisa podem ser usadas

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) informou hoje (22) que próteses mamárias de silicone fabricadas ou importadas até a 0h de ontem (21) podem ser utilizadas no país sem restrições. De acordo com a SBCP, a orientação tem o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Na última terça-feira (20), o órgão publicou uma resolução estabelecendo que todas as próteses mamárias tenham certificado de aprovação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para serem vendidas no mercado brasileiro.



Esse selo será concedido em caso de cumprimento a requisitos mínimos de identidade e qualidade, conforme resolução publicada hoje pela Anvisa.

As importações de próteses de silicone no Brasil estão suspensas até que uma portaria que trate da certificação desses produtos seja publicada. De acordo com o Inmetro, as regras devem ser definidas até o final deste mês. A SBPC, por meio de nota, disse que a conclusão da regulamentação está prevista para 29…

Patch de silicone atenua cicatrizes

A primeira imagem que nos vem à mente quando pensamos na palavra silicone são os implantes mamários, mas isso muda em uma velocidade interessante. A mais nova invenção da ciência são os patchs de silicone.

A função é brilhante, o patch de silicone pode reduzir as cicatrizes cirúrgicas. Isso é possível devido a três fatores a saber:
Flexibilidade do material;Boa aderência à pele;Menor incidência de reações alérgicas


Na verdade, ele pode aliviar a tensão entre os dois lados da ferida, reduzindo em até seis vezes o tamanho das cicatrizes, de acordo com um estudo publicado na revista Annals of Surgery.

Os primeiros testes em humanos já foram feitos e deram resultados positivos. O patch de silicone foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Stanford que descobriu que a principal causa da formação de cicatriz é a produção de camadas de colágeno para reparar o tecido perdido por corte.

Depois de retirados os pontos dos dois lados da abertura são submetidos a tensão com a finalidade…