Postagens

Mostrando postagens com o rótulo crianças

Obesidade Infantil: Regulamentação da publicidade infantil

Imagem
Consea: regulamentação da publicidade infantil pode conter avanço da obesidade infantil.

A conselheira Elizabetta Recine, do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), afirmou nesta quinta-feira (9) que o aumento de brasileiros com excesso de peso e obesos aponta para a necessidade urgente de regulamentação da publicidade infantil.



Comissão de Direitos Humanos debateu medidas para conter o consumismo na infância.


"Até os 12 anos de idade, as crianças não têm capacidade de separar o que é programação do que é publicidade. Consequentemente, a criança não tem capacidade de julgar o que é uma informação verdadeira do que é apelo ao consumo”, disse a conselheira, ao participar na Câmara do 1º Seminário Infância Livre de Consumismo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que, em todas as regiões do País, em todas as faixas etárias e em todas as faixas de renda houve aumento contínuo e substancial do percentual de pessoas com excess…

Nestlé mais presente em alimentos saudáveis

Para aumentar participação no setor de alimentos saudáveis, a Nestlé quer criar uma nova unidade e um centro de pesquisas

Lausane, Suíça - A gigante suíça da alimentação Nestlé quer marcar presença no competitivo setor dos alimentos que têm influência sobre a saúde, com a criação de uma nova unidade e um centro de pesquisas sobre a luta contra o Alzheimer ou a diabetes.

"É possível aprofundar as soluções científicas para compreender como a nutrição interage com o corpo humano. É uma ciência completamente nova", explicou à AFP o diretor geral do grupo, Paul Bulcke.

O líder mundial do setor alimentar, famosa pelos chocolates ou temperos, a Nestlé também está presente no setor de nutrição e saúde desde 1986.

Desde então não parou de reforçar a posição, como demonstram a compra em 2007 do setor nutrição médica da compatriota Novartis e a aquisição em agosto passado da britânica Vitaflo, especializada em nutrição clínica.

Mas a Nestlé adicionou outro elemento na tentativa de vira…

Iogurte previne cáries menores de 3 anos

Imagem
Já se sabia que consumir iogurte regularmente pode-se diminuir o risco de uma criança de desenvolver a cáries, de acordo com uma nova pesquisa.

Consumir iogurte pelo menos quatro vezes na semana reduziu as possibilidades de caries tornando-se por 22 por cento menor o risco em crianças menores de 3 anos, comparadas àquelas que o comeram mais menos de uma vez uma semana.

A pesquisa, feita por cientistas japonenes, foi publicada no jornal do Dentistry.


Em comparação com outros produtos lácteos, o iogurte é o melhor na prevenção de cáries nos dentes de em crianças na primeira infância. Apenas o iogurte apresenta essa proteção nas crianças mis novas. Acredita-se que o iogurte contenha as proteínas que "ligam" à superfície dos dentes e os sela de encontro ao ataque dos ácidos prejudiciais.

Via: Daily Mail
O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.
http://www.saudecomciencia.com/2010/06/iogurte-previ…

Mulheres Grávidas podem transmitir células cancerosas ao bebê

. Calma, não precisa se alarmar. Até agora só foram confirmados 17 casos de mães que transmitiram câncer aos filhos ainda no ventre materno em todo o mundo, portanto, transmitir células cancerosas através da placenta é considerado muito raro.

É mais comum nos seguintes tipos de cânceres: Leucemia e melanoma.



Nesta semana uma japonesa que tinha leucemia morreu e sua filha que contraiu a doença atravéz da placenta com células cancerígenas da mãe está sendo tratada.

Artigos relacionados.... § http://www.saudecomciencia.com/2009/03/melanoma-pior-tipo-de-cancer-de-pele.html