Postagens

Mostrando postagens com o rótulo diclofenaco

Diclofenaco e ibuprofeno podem ser perigosos ao coração

Imagem
Um estudo publicado comandada pelo Hospital Universitário Gentofte, de Copenhague e publicada  pela revista científica European Heart Journal demonstrou que alguns tipos de anti-inflamatórios não-esteroides (AINEs) podem ser prejudiciais ao coração.

Segundo a pesquisa, estes anti-inflamatórios estão associados ao aumento do risco de parada cardíaca. Os mais perigosos são diclofenaco e ibuprofeno.


Anti-inflamatórios e parada cardíaca
diclofenaco; ibuprofeno; rofecoxib (retirado de circulação desde 2004); celecoxib (que se tornou controlado) e outros estão associados ao aumento do risco de parada cardíaca;naproxeno (o menos prejudicial).
Como foi o estudo que ligou anti-inflamatórios ao coração Pesquisadores analisaram, entre 2001 e 1010 as paradas cardíacas registradas na Dinamarca (fora dos hospitais). Das 28.947 pessoas que sofreram uma parada cardíaca, 3.376 utilizaram algum tipo de anti-inflamatório até 30 dias antes a parada cardíaca ocorrer, ou seja, quase 12% delas.

➤➤ LER TAMBÉM:…

Dar remédio de humano a cães e gatos

Medicar os animais domésticos por conta própria com remédios de humanos, ao invés de auxiliar no tratamento, pode causar intoxicação, alergias e levar o animal a óbito

Ao se deparar com o animal de estimação com algum problema de saúde, muitos donos, ao invés de levar o animal para se consultar com um médico veterinário, preferem usar a própria experiência e por conta própria fazem o uso de medicações humanas, podendo causar danos irreversíveis ao seu cão ou gato.

Muitos medicamentos para consumo humano, que são vendidos livremente em farmácias, podem causar nos cães e gatos intoxicação, alergia e até mesmo causar a morte do animal.

"Alguns medicamentos que são fabricados para humanos podem ser utilizados em animais e são receitados por veterinários, mas o dono precisa se atentar a dosagem indicada pelo profissional, ou também causará problemas para a saúde do animal.
O indicado para evitar qualquer risco de piorar o quadro de saúde do animal ou até mesmo causar a morte dele é se…