Postagens

Mostrando postagens com o rótulo doenças fígado

Qual relação entre fígado e desequilíbrios físicos e emocionais?

Imagem
Por Silvana Rangel - Psicoterapeuta holística.

O fígado é considerado pela Medicina Tradicional Chinesa como o órgão mais importante para a saúde da mulher e quando me refiro ao fígado estou me referindo também a vesícula biliar (responsável pela postura e tomada de decisões), dos olhos, dos ombros, dos joelhos, dos tendões (flexibilidade), das unhas, dos seios, e todo o aparelho reprodutor feminino, é responsável por alterações no ciclo menstrual, presença de cistos de ovário, miomas uterinos, corrimentos ou pruridos vaginais, alterações da libido como frigidez e impotência, mas seu papel mais importante, é sem dúvida, sobre o equilíbrio emocional.

A estagnação do fluxo de energia do fígado frequentemente desequilibra o emocional, produzindo sentimentos de frustração e ira.


Essas mesmas emoções podem levar a uma disfunção no fígado, resultando em um ciclo interminável de causa e efeito.

Como todas as emoções, boas ou más, passam pelo fígado, não devemos reprimi-las infinitamente, poi…

Dia Mundial da Hepatite: número de casos é alarmante!

Imagem
Organização Mundial de Saúde e Fundo Mundial para a Hepatite apelam para que governos façam campanhas. 80% dos casos de hepatite tipo B e C são responsáveis por câncer no fígado e cirrose hepática no mundo

Meio bilhão de pessoas no mundo possui hepatite, mas apenas 5% dessas sabem que estão contaminadas.

Dia Mundial da Hepatite
Em observação à data oficial de 28 de Julho, para o Dia mundial da Hepatite, diversos setores ligados à defesa da saúde estão encaminhando apelos aos líderes mundiais para que sejam feitas ações de prevenção, diagnóstico e tratamento para as Hepatites tipos B e C.

A Organização Mundial de Saúde, afirmou através da Dra. Sylvie Briand, diretora do setor de pandemias, que “muito ainda precisa ser feito, em termos de política de saúde”, a fim de salvar as pessoas que sofrem das formas de Hepatite (principalmente a B e a C) e que isto reduziria também, drasticamente o custo que os governos tem com hospitalização, tratamento em fase tardia da doença e transplante de …

Telaprevir e o boceprevir: Medicamentos para hepatite C

A entrada no Brasil de duas novas drogas contra a hepatite C –doença sem vacina e cujos tratamentos atuais são de baixo sucesso– pode representar uma mudança na vida das 3 milhões de pessoas infectadas no país.

Já usados na Europa e nos EUA, o telaprevir e o boceprevir foram aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O telaprevir, mais recente, recebeu o aval da agência neste mês, e o boceprevir, em julho.

A expectativa é que as drogas estejam disponíveis na rede pública em 2012.

A terapia usada hoje, a combinação das substâncias interferon e ribavirina, alcança uma média de cura de 50%. Entre os contaminados com o genótipo 1 do vírus, o mais presente no Brasil e também mais resistente, a expectativa de cura cai para 40%.

Os novos medicamentos são chamados de inibidores de protease. Eles impedem a replicação do vírus.

Fim da Recaída

Com as drogas, a taxa de cura sobe para 75% em pacientes não tratados e 88% nos que tiveram recaídas após a terapia tradicional.

O e…