Postagens

Mostrando postagens com o rótulo efeitos da maconha

Maconha precipita a esquizofrenia e outros distúrbios psicóticos

Imagem
"Maconha pode acelerar o aparecimento de distúrbios psicóticos, como a esquizofrenia."

Usuários da droga maconha podem apresentar os sintomas da esquizofrenia e de outros quadros psicóticos quase três anos antes do que apareceria. A conclusão veio a partir de uma análise de estudos científicos sobre o assunto.

Relação Maconha e PsicosePesquisadores da Universidade de New South Wales e Prince of Wales Hospital, na Austrália, analisaram 22 mil portadores de distúrbios psicóticos – sendo que 8.167 participantes também eram usuários da droga maconha. As pesquisas compararam a idade de início da psicose entre os dois grupos.

Dentre os participantes, os que usaram algum outro tipo de substância desenvolveram psicose cerca de dois anos mais jovens, enquanto o uso apenas de álcool não foi associado com a idade de início da psicose.
Segundo os pesquisadores, a relação é feita, possivelmente, através de uma interação entre os distúrbios genéticos e do ambiente, ou interrupção do desenv…

Abstinência ao álcool altera funções cerebrais, diz estudo

Imagem
Um estudo desenvolvido pelo Laboratório de Neurobiologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp) indica que a abstinência ao álcool altera funções cerebrais aumenta a produção de receptores canabinóides em algumas regiões do cérebro, fato que altera o funcionamento de algumas áreas cerebrais que estão diretamente ligadas à dependência.

Hipótese foi observada em análise dos receptores canabinóides, responsáveis por regular a liberação de neurotransmissores, através da produção de substâncias semelhantes ao THC, componente da maconha.
Artigos relacionados
- Consumir álcool moderadamente aguça criatividade;
- álcool e crack são grandes problemas no país;
- Omega3 Combate o alcoolismo;
- Consumo "leve" de álcool na gravidez pode fazer bem;
- Bebida alcoólica melhora o aprendizado.
O nosso cérebro produz substâncias parecidas com o Tetrahidrocanabinol (THC), principal componente responsável pelos efeitos da maconha. Estas substâncias est…

Maconha diminui dor crônica, diz estudo

Estudo recente revela: Fumar maconha* em cachimbo pode reduzir a dor crônica em pacientes com nervos danificados, além de melhorar o sono e reduzir a ansiedade.

Em artigo publicado na revista científica Canadian Medical Association Journal, os cientistas disseram que são necessários mais estudos, em larga escala e com a utilização de inaladores.



Comentando o trabalho, especialistas britânicos disseram que a melhoria na dor foi relativamente pequena, mas acrescentaram que o trabalho pode ter implicações importantes.

Entre 1 e 2% da população sofrem de dor neuropática crônica - dor resultante de problemas de sinalização entre os nervos -, porém há poucos tratamentos disponívels.

Segundo relatos de alguns pacientes que sofrem dessa condição, fumar maconha* melhora seus sintomas.

Isso levou pesquisadores a investigar se a ingestão de canabinóides - as substâncias químicas presentes na erva cannabis - em forma de pílula poderia produzir o mesmo efeito.

A equipe da McGill University, em Mon…