Postagens

Mostrando postagens com o rótulo enxaqueca

Ressonância magnética detecta enxaqueca

Imagem
Ressonância magnética é indicada no diagnóstico de enxaqueca

A enxaqueca é uma das doenças mais incapacitantes no mundo. No Brasil, afeta 30 milhões de pessoas. Além de dor de cabeça, os sintomas mais comuns incluem náuseas, sensibilidade à luz e ao barulho, além de prostração. Como existem mais de 300 subtipos de dor de cabeça (cefaleia), sabe-se que 90% da população mundial entrará em contato com essa dor em algum momento da vida.

Para identificar a enxaqueca é importante contar com exames de imagem – principalmente a ressonância magnética (RM). Verdade, a ressonância magnética detecta enxaqueca e tem como objetivo descartar outras tantas doenças, como sinusite, meningite, aneurisma, tumor cerebral, distúrbios circulatórios e metabólicos, entre outros.


De acordo com Flávia Cevasco, médica radiologista do CDB Medicina Diagnóstica, em São Paulo, a ressonância magnética é indicada se o paciente iniciar crises novas de enxaqueca ou se houver uma mudança no padrão dessas crises, como au…

14 alimentos para aliviar a enxaqueca e prevenir crises

Imagem
Aposto que se você tem ou convive com alguém que tenha enxaqueca conhece os alimentos que devem ser evitados para não iniciar uma crise de enxaqueca, um dos piores tipos de cefaleia (dor de cabeça).

Mas você conhece algum alimento para aliviar a enxaqueca? Se sua resposta for sim, parabéns, você é sortudo, mas se não conhece vai conhecer agora. Bora?

14 ALIMENTOS QUE ALIVIAM ENXAQUECA


1. Salmão: um dos grandes mocinhos da alimentação saudável, o salmão (além da sua cor tão única que deu nome a um dos tons de rosa alaranjado mais belos da natureza) é muito conhecido por ajudar a equilibrar o colesterol no sangue (embora haja médicos que não confiem 100% nessa eficácia), mas ele também ajuda a aliviar a dor de cabeça. A razão é serem ricos em ômega 3 também entram esta lista, atum, sardinha, bacalhau, arenque e alguns outros.

2. Folhas verdes: por serem ricas em magnésio, as folhas verdes também ajudam a aliviar a enxaqueca. Dá-lhe alface menina!

3. Feijão: o motivo também é o magnésio e a…

Novos medicamentos para enxaqueca: 2 medicamentos 'específicos' para enxaqueca serão lançados

Imagem
Quem tem enxaqueca sabe que não existem (até a data da publicação desta matéria) medicamentos para enxaqueca desenvolvidos especialmente para tratá-la. O que se usa é uma combinação de analgésicos, anticonvulsionantes, anti-hipertensivos e antidepressivos e outros tratamentos que tratam a dor, mas principalmente, evitam novas crises enxaqueca.

Mas isso está prestes a mudar. Está para ser lançado dois novos medicamentos para enxaqueca, para tratarem ESPECIFICAMENTE o problema -- diminuindo dores e prevenindo novas crises.


Uma nova classe de drogas contra a enxaqueca mostrou resultados promissores em dois estudos publicados recentemente no “The New England Journal of Medicine” (NEJM). Trata-se do primeiro tratamento desenvolvido para prevenir enxaqueca.

Leia também: 14 Alimentos para aliviar a enxaqueca e prevenir novas crises

Os dois novos medicamentos para enxaqueca
ErunumabeA pesquisa foi feita com 955 pessoas:319 recebeu 140 mg: 50% ou mais relatou diminuição no número médio de dias…

Neuromodulação terapêutica para enxaqueca

Imagem
Quando se fala em enxaqueca, a mais recente novidade é a neuromodulação terapêutica.

Trata-se de um novo aparelho em formato de arco que, ao ser colocado na cabeça, gera pequenos estímulos elétricos ao nervo trigêmeo, principal causador da enxaqueca e outros tipos de dores de cabeça. Por meio desses impulsos, ocorre alteração da forma com que a dor é assimilada.


O método não invasivo e sem efeitos colaterais, é ideal para quem possui dores de cabeça e crises de enxaqueca frequentes como:

enxaqueca comum,enxaqueca com aura,enxaqueca oftálmica,enxaqueca episódica,enxaqueca crônica,enxaqueca menstrual,enxaqueca por sinusite,dor na região anterior da cabeça e dor de cabeça crônica.
>> Leia também:Pimenta vermelha para enxaqueca: capsaicina alivia dor de cabeça

Com duas opções focadas ao tratamento das cefaleias, a primeira deve ser utilizada no momento da crise, voltada a melhora dos sintomas reduzindo a intensidade da dor, já o segundo programa atua na prevenção de enxaqueca.

O uso …

Pimenta vermelha para enxaqueca: capsaicina alivia dor de cabeça

Imagem
A pimenta vermelha já foi alvo de muitos estudos e teve muitos benefícios comprovados pelos cientistas. O mais novo benefício da ardidinha é que a pimenta vermelha para enxaqueca alivia os sintomas. Veja o estudo.

Pimenta vermelha para enxaqueca - ação!

Segundo um estudo de pesquisadores da Universidade da California, o óleo de pimenta é capaz de amenizar a dor de cabeça quando entra em contato com a pele das têmporas. Presente na pimenta, a capsaicina é responsável pelo efeito benéfico e pode estar presente em medicamentos para evitar e tratar o problema.

Leia também: Veja todos os benefícios da capsaicina.

Remédio de Pimenta (para enxaqueca)

Descoberta já está sendo transformada em medicamento. Em teoria, a enxaqueca é causada pela dilatação dos vasos sanguíneos. Sendo assim, bloqueando um receptor cerebral, relacionado com a mensagem da cefaleia (dor de cabeça), seria possível amenizar e até mesmo tratar a enxaqueca.

Uma empresa farmacêutica está em fase de testes de um medicamento…

Desencadeadores da enxaqueca:jejum,chocolate,álcool...

Pesquisa publicada nos Arquivos de Neuro-Psiquiatria aponta os fatores que desencadeiam a enxaqueca: jejum, álcool e chocolate são os mais freqüentes.

Dos 200 pacientes estudados, 83,5% apontaram algum fator relacionado à dieta – sendo o jejum o mais freqüente, seguido de álcool, chocolate, vinho tinto e café.

Os problemas com o sono foram relatados por 81% dos entrevistados e 64% associaram a enxaqueca ao estresse, principalmente à preocupação com o trabalho.

texto completo em news.med.br

Efeito placebo na enxaqueca

Vários estudos já demonstraram que o efeito placebo pode trazer benefícios clínicos reais para os pacientes. Mas nenhum havia conseguido medir o tamanho desse efeito, agora o efeito placebo na enxaqueca pode funcionar como remédio.

Quando o assunto é dor, a expectativa de melhora criada pelas palavras do médico na hora de prescrever um medicamento pode ser tão importante para a eficácia da terapia quanto os efeitos farmacológicos do remédio propriamente dito, segundo um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard.

A pesquisa avaliou a influência do efeito placebo no tratamento de pessoas com enxaqueca e concluiu que uma pílula inócua pode ser tão eficiente quanto um medicamento de verdade no alívio da dor de cabeça durante um ataque, dependendo da mensagem que é dada ao paciente no início.

Pacientes que receberam mensagens positivas se beneficiaram mais da terapia do que aqueles que receberam mensagens neutras ou negativas, independentemente de estarem tomando placebo ou medicação de v…

Vinho causa enxaqueca, mas não em todos | Os vinho mais causam enxaqueca

Um estudo recente mostra que o vinho não é tão culpado no que diz respeito às crises de enxaqueca como se pensava.

A pesquisa, coordenada pelo neurologista brasileiro Abouch Krymchantowski e apresentada no 54.º Congresso Americano de Cefaleia, mostra que apenas 33% das pessoas que tomam vinho frequentemente têm deflagrada a crise. E algumas variedades da bebida têm potencial maior de provocar os sintomas do que outras.


Especialista em cefaleia, Krymchantowski selecionou 40 pacientes que estavam em tratamento para enxaqueca, que apreciavam vinho e relatavam crises após a ingestão da bebida. Cada um deles foi convidado a tomar meia garrafa de vinho das variedades Malbec, Tannat, Cabernet Sauvignon e Merlot, todos da América do Sul, e com intervalo mínimo de 4 dias...

...Os resultados
- 33,4% relataram ter tido enxaqueca em todas as ocasiões;
- 54% sentiram-se mal em duas ocasiões;
- 87% tiveram dor ao menos uma vez.

Ao comparar o efeito gatilho entre os pacientes que sentiram-se mal ao…

Dor de cabeça: melhores tratamentos

Um excelente artigo da Revista ISTOÉ desta semana aborda de maneira bastante satisfatória o tema dor de cabeça e os melhores tratamentos para as milhares de pessoas que sofrem desse mal.

O subtítulo define o texto que está por vir:


"Cientistas definem os remédios que realmente previnem e tratam a doença e indicam métodos capazes de aliviar os sintomas"

O texto aborda: diagnóstico tardio da dor de cabeça, abuso de analgésicos na dor de cabeça, relação entre dor e estresse, dor de cabeça infantil, os tipos de dor de cabeça e, por fim, os melhores tratamentos para dor de cabeça.

Leia a matéria na ISTOÉ.

Leia também tudo o que já foi escrito no Saúde com Ciência dobre dor de cabeça:
- Cefaleia em salvas, sintomas e tratamentos;
- Enxaqueca sintomas
- dor de cabeça

Botox tem uso para enxaqueca aprovado

A Agência de Medicamentos e Alimentos (FDA) aprovou o uso do do Botox Allergan para tratar enxaquecas crônicas, um pouco mais de um mês após a empresa concordar em pagar 600 milhões dólares para liquidar e civis acusações criminais que tinha ilegalmente comercializada a droga para usos não aprovados - incluindo dor de cabeça e dor - por anos.

A decisão aprova uso de botox para tratar pessoas que sofrem de enxaqueca crônica, uma condição definida como aquela em que as pessoas têm dores de cabeça, pelo menos, 15 dias do mês. A agência antidrogas britânica aprovado injeções de Botox para o mesmo fim deste verão.

Botox já está aprovado pela FDA problemas musculares no pescoço, para tratar hiperidrose e sudorese excessiva nas axilas, rigidez muscular em cotovelos e mãos, e para fins cosméticos - para suavizar as linhas entre as sobrancelhas.

Analistas de Wall Street disse que as vendas de Botox para o tratamento de cefaléia pode eventualmente ofuscar as vendas da droga como um tratamento d…

Enxaqueca, sintomas

A enxaqueca é um desequilíbrio químico no cérebro, envolvendo hormônios e substâncias denominadas peptídeos. Esse desequilíbrio resulta de uma série de outros desequilíbrios neuroquímicos e hormonais, decorrentes do estilo de vida e hábitos do portador da doença enxaqueca, e também de uma predisposição genética.

O resultado é uma série de sintomas, que podem ir muito além da dor de cabeça. Por sinal, existem casos de crises de enxaqueca sem, ou com muito pouca dor de cabeça. Geralmente porém, a dor de cabeça é o sintoma mais dramático da enxaqueca e sua intensidade, apesar de variável, na maioria dos casos é moderada a severa.

A dor de cabeça da enxaqueca pode ser latejante (pulsátil), em peso, ou uma sensação de "pressão para fora", como se a cabeça fosse explodir.

A localização da dor de cabeça da enxaqueca pode variar de crise para crise; raramente dói sempre no mesmo lugar. A dor da enxaqueca pode ocorrer em qualquer lugar da cabeça, inclusive na região dos dentes, dos …

Abuso de Analgésicos pode viciar psiquicamente

Imagem
O uso abusivo de analgésicos por brasileiros e a automedicação, que preocupavam a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), levaram a Agência a suspender a exposição dessas drogas nas gôndolas (RDC 44).

No caso da dor de cabeça, o problema é mais grave, porque os medicamentos específicos para o incômodo, quando tomados em grande escala, às vezes apresentam efeito rebote: quanto mais a pessoa toma, mais dor tem.

Artigos relacionados
- Saúde mental
- Efeito rebote, o que é
Uma análise de estudos publicada no "British Medical Journal" mostra que a ingestão dos medicamento analgésicos em 15 dias do mês já é suficiente para causar o efeito de viciar.

Cerca de 7% da população tem cefaleia crônica. Este grupo, que sofre de dor mais de 15 dias ao mês, é exatamente quem está sujeito ao abuso de analgésicos.

Além disso, o efeito rebote parece ser desencadeado pelo uso regular dessas drogas: tomar um comprimido todos os dias é mais arriscado de viciar psiquicamente do q…

Indometacina: Antiinflamatório não esteróide (AINEs)

Imagem
Indometacina:

Agente antinflamatório não esteróide (AINEs) que inibe a enzima ciclooxigenase necessária para a formação de prostaglandinas e outros autacóides. Também inibe a motilidade dos leucócitos polimorfonucleares.

A indometacina é um potente inibidor não-seletivo da COX, pode ainda, reduzir a migração dos neutrófilos e diminuir a proliferação de células T e B e inibir a fosfolipase A e C.



Além de efeitos antinflamatórios age como analgésico em algumas situações como cefaléias tipo enxaquecas que não respondem satisfatoriamente a outros tratamentos.



Indometacina efeitos adversos
Alguns efeitos adversos comuns são sintomas gastrointestinais, como náuseas, vômitos, indigestão, desconforto epigástrico, anorexia, diarreia, etc.

Interação medicamentosa:
A probenecida prolonga a meia-vida da indometacina ao inibir a depuração tanto renal quanto biliar.