Postagens

Mostrando postagens com o rótulo espermatozoides

Espermatozoides de laboratório são criados por japoneses

Imagem
Cientistas japoneses chefiados por Takehiko Ogawa anunciam ter criado os espermatozoides de laboratório.

Depois de 30 dias, ocorreu a esperada produção de esperma. Os espermatozoides são formados por um complexo processo de divisão celular.



Como foi o estudo

O estudo foi feito com a retirada de células dos testículos de ratos de laboratório recém-nascidos e na adição de KSR (um produto utilizado comumente em culturas de células-tronco) nessas células.

Uma proteína fluorescente serviu de marcador para acompanhar a divisão celular das células quando estavam na fase da meiose (um tipo de divisão celular).


O PRÓXIMO PASSO

Os cientistas já dizem que irão usar a descoberta para desenvolver espermatozoides em células humanas e, posteriormente, serão realizadas pesquisas sobre infertilidade masculina.
O estudo foi publicado nesta quarta-feira (23) na revista Nature.

O conteúdo do www.saudecomciencia.com é informativo e educativo. Não exclui consulta com profissional habilitado.

Os homens vivem menos, entenda porque

Imagem
A afirmação do título acima pode estar próxima de ser entendida, ou melhor explicada. Os homens vivem menos que as mulheres, mas por quê?

A razão para essa diferença de longevidade pode ser atribuída a um gene, um gene presente em espermatozoides e que foi recém descoberto por cientistas japoneses.


O estudo foi realizado com ratos pela Universidade de Agricultura de Tóquio, publicado na revista especializada Human Reproduction, que chegou à conclusão de que o gene está presente tanto nos machos como nas fêmeas dos roedores, mas que só é ativo em machos.

Entenda a pesquisa:

Foram analizados ratos criados com material genético de duas fêmeas.

Os ratos nasceram apenas com material genético de fêmeas e viveram em média 30% a mais que ratos que tinham material genético masculino e feminino.

Os pesquisadores acreditam que as diferenças na longevidade podem ser aplicadas em todos os mamíferos, até no homem.