Postagens

Mostrando postagens com o rótulo farmacêuticos

Propaganda de medicamentos , RDC 96/08

Anunciada hoje (18.03.08) pelo ministro da saúde, José Gomes Temporão e pelo presidente da Anvisa, dr. Dirceu Raposo de Mello, a RDC 96/08 , que trata sobre as novas regras para a propaganda de medicamentos tem como principal objetivo reduzir os índices de automedicação. Fruto de uma consulta pública feita em 2005, a resolução aprovada pela diretoria colegiada da Anvisa prevê restrições à distribuição de amostras grátis e determina a veiculação de mensagens de advertência específicas para cada substância em rádio, televisão e meios de comunicação impressos. As amostras grátis terão que conter a dose recomendada na bula para um período inteiro de tratamento. Se o tratamento for indicado, por exemplo, para que o paciente use uma pomada por 30 dias, a amostra grátis do medicamento não poderá servir, como acontece hoje, apenas para uma semana. A resolução também estabelece cerca de 40 mensagens contendo os principais efeitos adversos de cada medicamento, que terão que constar de

FARMACOPÉIA: encontro internacional em Brasília

O encontro será em Brasília entre os dias 10 e 12 de Dezembro. Propósito:discutir o desenvolvimento e a validação de métodos e processos farmacopéicos. Este é o objetivo do 1º Simpósio Internacional Técnico-Científico da Farmacopéia Brasileira, que vai reunir 250 pessoas em Brasília (DF). "(...)" A Farmacopéia Brasileira é o Código Oficial Farmacêutico do País. A função de uma farmacopéia é estabelecer os requisitos de qualidade que os medicamentos consumidos pela população devem obedecer, incluindo os componentes empregados na fabricação. Cabe também à Farmacopéia a elaboração de padrões de referência, a formação e o aperfeiçoamento de recursos humanos na área de controle de qualidade, além de apoio à pesquisa científica e tecnológica e outras atividades que visam aumentar a segurança e eficácia dos fármacos. fonte: Anvisa

Meu comentário à Veja sobre Remédios

"Remédios o que há de errado com eles". essa foi a reportagem de capa da revista Veja de 05/11/08, ed.2085. Enviei à Veja um comentário a respeito e, cordialmente, o mesmo foi publicado na edição dessa semana, 12/11/08 que traz na capa o Presidente recém eleito nos EUA, Barack Obama. Abaixo, meu texto e mais uma vez meus cumprimentos à Veja pela excelente reportagem de Anna Paula Buchalla e Adriana Dias Lopes . Cópia de meu comentário na íntegra: "Perfeita! Essa é minha avaliação, como farmacêutica, da reportagem 'Remédios:sustos difíceis de engolir' (5 de novembro). Há muito que espero uma reportagem como essa. abrangente, didática, esclarecedora, enfim, completa. Facilita o dia-a-dia do profissional de saúde, que às vezes, tenta alertar os pacientes sobre os riscos de alguns medicamentos e a importância de ler a bula, masque nem sempre é ouvido, tamanha a credibilidade conquistada pelas megaindústrias farmacêuticas. RENATA DE FRAIA D. GUEDES Farmacêutica Guaru