Postagens

Mostrando postagens com o rótulo formol

Uso ilegal do formol em debate na ANVISA

Imagem
Precisamos falar sobre o uso ilegal de formol. Se você trabalha na vigilância sanitária estadual ou municipal envie suas contribuições . Nos últimos anos, a Anvisa tem recebido número crescente de denúncias sobre o uso recorrente de formol em salões de beleza. Por isso, a Agência precisa da participação dos profissionais da vigilância sanitária com experiência no tema para contribuir com informações relevantes, que ajudem a criar ações eficientes que diminuam o uso do produto nos salões de embelezamento. Uso ilegal do formol em debate na ANVISA E para obter informações quanto à ocorrência da prática e conhecer experiências de campanhas contra o uso ilegal de formol, que, eventualmente, as vigilâncias tenham aplicado em sua região, a Anvisa criou um questionário na plataforma FormSus . O questionário ficará disponível para preenchimento até o dia 6 de setembro de 2018. Em caso de dúvida, entre em contato com a Agência por meio das centrais de atendimento:  pelo telefone 0800

Da Anvisa: + denúncias em serviços de estética e beleza

Imagem
Estética e embelezamento dominam quadro de denúncias Os serviços de estética e embelezamento dominam o quadro de demandas do 4º Relatório de Denúncias em Serviços de Interesse para a Saúde. Divididos entre salões de beleza e clínicas de estética, esses serviços concentram 52% das denúncias recebidas e 80% das demandas avaliadas como de maior risco à saúde. As denúncias se concentram principalmente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Paraná e no Distrito Federal. Entre as ocorrências, estão lesões nos olhos e queimaduras diversas, vindas principalmente das atividades de cabeleireiro e das clínicas de estética. Queixas frequentes sobre produtos para estética Uso de formol , não-esterilização dos materiais de trabalho, reutilização de cera de depilação e ausência de equipamentos de proteção individual (EPI) são algumas das atividades que causam os problemas em salões de beleza. Segundo dados do Sebrae, o setor de estética e embelezamento conta com aproximadamente 5

Formol no cabelo e unhas faz mal à saúde: causa câncer

Imagem
A notícia não é das melhores para as pessoas que costumam usar formol em fórmulas para alisar os cabelos, esmaltes (quase todas as mulheres) e perfumes. E a razão é uma só: O formol faz mal à saúde . Formol causa câncer. O alerta vem do FDA (Foods and Drugs Administration), órgão americano que regulamenta medicamentos e alimentos. De acordo com a instituição, o formol altera o DNA das células de nosso organismo podendo levar à formação de tumores (câncer). Sua inalação durante o processo de alisamento capilar é altamente perigosa, tanto para clientes quanto para os profissionais de beleza. Por que o formol faz mal à saúde? A curto prazo, o formol pode provocar: queda de cabelo, irritação, coceira, queimaduras e vermelhidão. A longo prazo, a substância pode causar enjoos, desmaios, vômitos câncer nas vias aéreas superiores (formol nos cabelos e em perfumes) câncer de pele (formol nas unhas ou nas mãos dos cabeleireiros) leucemia Formol nas unhas , devemos parar de usar

Fantástico x Formol: uso irregular de formol em alisamento de cabelos

Parece que muitas pessoas ainda não se convenceram de que o uso do formol faz faz à saúde , muitos até, nunca tinham ouvido falar nisso. Mas, uma matéria do Fantástico sobre a escova progressiva e o formol , promete por fim a essa polêmica. O formol , cujo nome químico é formaldeído é uma substância usada na preparação de cadáveres que serão conservados nessa substância para estudo em cursos da área de saúde (medicina, farmácia, enfermagem, etc.). Também encontramos o formol em alguns cosméticos em uma pequena concentração, apenas como conservantes. Veja, abaixo, como reconhecer se o produto contém formol ( teste do formol ). A Anvisa autoriza o uso de formol com a concentração de 0,2%, em que a substância atua apenas como conservante e não provoca riscos à saúde. Nos EUA até mesmo essa pequena concentração foi proibida. No Brasil, alguns esmaltes já vêm sem formol e essa informação consta no rótulo. Veja os danos provocados pelo formol "A Anvisa proibiu o uso do fo

Anvisa - proibida venda de formol em drogaria e farmacias de todo o pais

Imagem
Finalmente ! A Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda, em todo país, do formol (formaldeído). Não deverão ser vendidos em farmácias, drogarias, supermercados... É crime hediondo !!! "Proibida a venda de formol Está proibida em todo o país a venda de formol em drogaria, farmácia, supermercado, armazém e empório, loja de conveniência e drugstore. De acordo com a RDC 36/09 aprovada pela Diretoria Colegida da Anvisa, o formol, ou formaldeído (solução a 37%), não pode estar disponível em nenhum destes estabelecimentos. A medida foi adota tendo em vista o uso inadequado deste produto em procedimentos de estética. O formol vinha