Postagens

Mostrando postagens com o rótulo hepatite C

DSTs como tratar e como prevenir

Imagem
DSTs como Tratar e Prevenir
Doenças Venéreas ou DST são uma realidade que ainda dificulta e assusta a vida de muitas pessoas, sem a proteção correta, uma DST pode acontecer para qualquer um, no entanto, é fato que os mais prejudicados sejam os jovens, que por estarem começando a "namorar", acabam cometendo erros que podem parecer simples, mas no final resultam em uma doença transmissível por contato íntimo afetando diretamente sua sua vida e a do seu parceiro.

Por isso, todo cuidado é pouco e é sempre bom estarmos lembrando dos perigos das DST e como preveni-las e tratá-las corretamente, evitando futuros problemas.


Sua saúde é um bem precioso e você deve tomar todo cuidado para protegê-la.

Hepatite B e Hepatite C
A Hepatite B é causada por um vírus DNA de fita dupla da família Hepadnaviridae é uma

doença infecciosa também chamada de soro-homóloga. Como o VHB está presente no sangue,

no esperma e no leite materno, a hepatite B é considerada como dst.


A Hepatite D é também c…

Hepatite, o que é

Imagem
O que é HEPATITE ?
Hepatite é uma doença inflamatória do fígado.

A hepatite pode ser viral (quando for causada por um vírus), auto-imune (quando nosso sistema imunológico reconhece seus próprios tecidos como estranhos, atacando-os para destruí-los) ou ainda ser causada por reação ao álcool, drogas ou medicamentos, pelo fato dessas substâncias serem bio transformadas no fígado. Com relação às hepatites virais, os tipos mais comuns são: hepatite A, hepatite B e hepatite C.


As hepatites podem ser agudas ou crônicas. Uma doença aguda é aquela que tem início repentino e geralmente apresenta sintomas nítidos. Quanto o organismo não consegue curar-se em até 6 meses, a doença passa então a ser considerada crônica e muitas vezes não apresenta sintomas.

Quais são os tipos de hepatite?
Há (7) sete tipos de hepatites virais específicas conhecidas - A, B, C, D, E, F e G.

Cada uma delas é causada por um vírus diferente. Além disso, há também outros vírus que atacam primariamente outros órgãos e que…

Telaprevir e o boceprevir: Medicamentos para hepatite C

A entrada no Brasil de duas novas drogas contra a hepatite C –doença sem vacina e cujos tratamentos atuais são de baixo sucesso– pode representar uma mudança na vida das 3 milhões de pessoas infectadas no país.

Já usados na Europa e nos EUA, o telaprevir e o boceprevir foram aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O telaprevir, mais recente, recebeu o aval da agência neste mês, e o boceprevir, em julho.

A expectativa é que as drogas estejam disponíveis na rede pública em 2012.

A terapia usada hoje, a combinação das substâncias interferon e ribavirina, alcança uma média de cura de 50%. Entre os contaminados com o genótipo 1 do vírus, o mais presente no Brasil e também mais resistente, a expectativa de cura cai para 40%.

Os novos medicamentos são chamados de inibidores de protease. Eles impedem a replicação do vírus.

Fim da Recaída

Com as drogas, a taxa de cura sobe para 75% em pacientes não tratados e 88% nos que tiveram recaídas após a terapia tradicional.

O e…

Hepatite C: Novo medicamento para tratar doença é aprovado pela Anvisa

Imagem
Pacientes contaminados com o vírus da Hepatite C já podem ter mais esperanças de cura para a doença. A Anvisa acaba de aprovar o Boceprevir, um medicamento para o tratamento da hepatite C do genótipo tipo 1.

O texto abaixo sobre o novo remédio para tratar a hepatite C é da Anvisa.

Na semana em que se comemora o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, a Anvisa aprovou o registro de um novo medicamento para o tratamento da Hepatite C. Trata-se do Boceprevir, um antivirótico que aumenta de 40% para 60% as chances de cura da Hepatite C do genótipo tipo 1.



Boceprevir mecanismo de ação
O medicamento inibe a replicação do vírus da Hepatite, o HCV, para os portadores do genotipo tipo 1. A Hepatite C pode ser provocada também pelos genótipos dos tipo 2 e 3 do mesmo vírus.

O Boceprevir é indicado para portadores do genótipo 1 do HCV que nunca foram tratados e para aqueles que não tiveram sucesso com o tratamento disponível até o momento. O novo medicamento deve ser administrado em associação…