Postagens

Mostrando postagens com o rótulo medicamentos para depressão

Ketamina para depressão: age em 2 horas em vez de 15 dias

Usada originalmente como anestésico, a ketamina trata os sintomas mais graves da depressão em duas horas. É considerada o maior avanço contra a doença desde o Prozac (fluoxetina).

Um anestésico usado há mais de 50 anos é a grande aposta da medicina moderna no tratamento da depressão. Na maior parte dos estudos realizados até agora, a ketamina usada para depressão tirou os pacientes de crises graves com rapidez impressionante - em apenas duas horas, revelou uma pesquisa do Instituto Nacional de Saúde (NIH), dos Estados Unidos.

A droga atinge seu pico em 24 h e reduz sintomas graves como ideias suicidas. Esse é um avanço e tanto contra os medicamentos tradicionais que demoram cerca de quinze dias para fazer efeito. Por isso, a Ketamina é considerada a maior revolução contra a enfermidade desde o Prozac, lançado em 1986.

Por enquanto, o remédio, que existe nas versões oral, intravenosa, nasal e subcutânea, não foi liberado para uso como antidepressivo por agências regulatórias, incluindo…

Depressão deve ser o segundo maior problema de saúde do mundo em 3 anos

Imagem
Acordar sem vontade de levantar, sentir tristeza profunda, não realizar tarefas que causavam prazer, grandes variações de humor, esgotamento emocional e físico, estresse, procrastinação das tarefas, baixa autoestima, desesperança, dor.

É desta maneira que 320 milhões de pessoas diagnosticadas com depressão se sentem ao redor mundo. O número representa cerca de 5% da população mundial e, até 2020, a doença chamada de “mal do século” deve ser a segunda maior causa de saúde pública do planeta. Os dados são da Organização Mundial da Saúde (OMS).


As incidências de casos de depressão no Brasil são ainda mais alarmantes. O país abriga o maior número de pessoas depressivas na América Latina, com 11,5 milhões de diagnósticos, segundo a OMS. O número representa 5,8% da população total, entre idosos, adultos e crianças, que sofrem com o distúrbio.

Diagnóstico e tratamento da depressão
Ao contrário da tristeza patológica proveniente de causas pontuais, como morte, desencontros amorosos, desempreg…