Postagens

Mostrando postagens com o rótulo melanoma

Opdivo (nivolumabe): novo medicamento para melanoma e câncer de pulmão, aprovado pela Anvisa

Imagem
Enquanto a substância química - assim denominada por ainda não foi comprovada sua eficácia, e portanto, não pode ser chamada de fármaco - fosfoetanolamina, a Anvisa segue agindo da maneira correta, aprovando fármacos com eficácia comprovada (além do conhecimento de seus efeitos colaterais).

O órgão que regulariza medicamentos e alimentos (Anvisa) acaba de conceder o registro ao medicamento Opdivo® (nivolumabe). O produto biológico novo é indicado em monoterapia para o tratamento de melanoma avançado* e de câncer de pulmão. O registro foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (04/04), de acordo com a Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 55/2010.


O nivolumabe é um anticorpo monoclonal de imunoglobulina G4 (IgG4) totalmente humano que se liga ao receptor de morte programada 1 (PD-1) e bloqueia sua interação com PD-L1 e PD-L2. Opdivo® potencializa as respostas das células T, incluindo respostas antitumorais, por meio do bloqueio da ligação de PD-1 aos ligantes PD-L…

Pílula contra câncer de pele será comercializada em 1 ano

Imagem
Em pesquisa recente cientistas descobriram que o tamanho dos tumores foi significativamente reduzido em 80 por cento (80%) dos testes com a droga, conhecida como RG7204. A partir daí será produzida a pílula contra câncer de pele. (Zelboraf)

A descoberta foi feita após a decodificação completa do DNA humano, que identificou uma falha genética em cerca de metade dos casos de Melanoma - a forma mais agressiva de câncer de pele.



A falha leva as células cancerosas crescerem desordenadamente e se espalharem, mas o RG7204 procura e bloqueia o gene mutante, chamado BRAF, o que faz os tumores encolherem.

Os cientistas do Royal Marsden NHS Trust (Londres), acreditam que a droga terá um efeito - positivamente - dramático sobre o tratamento para aqueles pacientes cujo câncer se deve à mutação do gene BRAF.

O pesquisador chefe, James Larkin disse:
"Esta é uma descoberta muito excitante. Com uma crescente incidência de melanoma em pessoas mais jovens, os resultados deste estudo são muito ani…

Mulheres Grávidas podem transmitir células cancerosas ao bebê

. Calma, não precisa se alarmar. Até agora só foram confirmados 17 casos de mães que transmitiram câncer aos filhos ainda no ventre materno em todo o mundo, portanto, transmitir células cancerosas através da placenta é considerado muito raro.

É mais comum nos seguintes tipos de cânceres: Leucemia e melanoma.



Nesta semana uma japonesa que tinha leucemia morreu e sua filha que contraiu a doença atravéz da placenta com células cancerígenas da mãe está sendo tratada.

Artigos relacionados.... § http://www.saudecomciencia.com/2009/03/melanoma-pior-tipo-de-cancer-de-pele.html




Melanoma , pior tipo de cancer de pele

Imagem
Saiba tudo sobre o melanoma, o pior tipo de câncer de pele:
- sintomas do melanoma,
- tratamentos do melanoma
- etc.

Melanoma, o que é ?

O melanoma cutâneo é um tipo de câncer que tem origem nos melanócitos (células produtoras de melanina, substância que determina a cor da pele) e tem predominância em adultos brancos. 



Melanoma é o pior tipo de câncer de pele

Embora só represente 4% dos tipos de câncer de pele, o melanoma é o mais grave devido à sua alta possibilidade de metástase.
Epidemiologia do melanomaA letalidade do câncer de pele melanoma é elevada, porém sua incidência é baixa. Para 2008 estão previstos 2.950 casos novos em homens e 2.970 casos novos em mulheres, segundo a Estimativa de Incidência de Câncer no Brasil. As maiores taxas estimadas em homens e mulheres encontram-se na região Sudeste.


O melanoma de pele é menos frequente do que os outros tumores de pele (basocelulares e de células escamosas), porém sua letalidade é mais elevada. Tem-se observado um expressivo crescimento na…