Postagens

Mostrando postagens com o rótulo novos medicamentos para cancer

Registrados medicamentos para doença autoimune e câncer

Imagem
Novos produtos biológicos vão ajudar pacientes com mieloma, câncer de mama e gástrico. Dois novos biossimilares também foram registrados

A Anvisa publicou no Diário Oficial da União o registro de quatro novos medicamentos. Dentre eles, dois são medicamentos biológicos novos e dois são biossimilares.

O Empliciti (elotuzumabe) é o primeiro da classe dos anticorpos monoclonais IgG1 imunoestimulatórios humanizados. Eles atacam a proteína SLAMF7, altamente presente em células de mieloma (independente de anormalidades citogenéticas), e também em células natural killer (células do sistema imune que matam as células infectadas, as mal formadas e as células tumorais).


A atividade imunoestimulatória deste medicamento biológico em combinação com outras drogas traduz-se em aumento de sobrevida, com duração de resposta prolongada para pacientes previamente tratados que apresentem recorrência ou sejam refratários a tratamentos anteriores para mieloma múltiplo.

Doenças autoimunes
O segundo biológico…

4 novos medicamentos para o câncer são aprovados

Imagem
Aprovada lenalidomida e mais 3 tratamentos para câncer

Novos medicamentos aprovados pela Anvisa ampliam opções para tratar diferentes tipo de câncer. Os fármacos são a lenalidomida, o durvalumabe, o olaratumabe e o netupitanto associado com a palonosetrona.

Os produtos são inéditos no país e ampliam as variedade para o tratamento de diferentes tipos de câncer. Os novos medicamentos para o câncer chegarão ao mercado de acordo com a programação de cada fabricante.

Confira a seguir os novos tratamentos para o câncer aprovados pela Anvisa, indicações e características.

Os novos medicamentos para o câncer

Revlimid® (Lenalidomida)
O medicamento é indicado, em combinação com a dexametasona, para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo refratário ou recidivado que já tenham recebido pelo menos um tratamento anterior. A lenalidomida também é indicada para pacientes com anemia dependente de transfusões decorrentes de síndrome mielodisplásica.

O Revlimid foi registrado na forma de cápsulas …