Postagens

Mostrando postagens com o rótulo receptores canabinóides

Abstinência ao álcool altera funções cerebrais, diz estudo

Imagem
Um estudo desenvolvido pelo Laboratório de Neurobiologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/Unifesp) indica que a abstinência ao álcool altera funções cerebrais aumenta a produção de receptores canabinóides em algumas regiões do cérebro, fato que altera o funcionamento de algumas áreas cerebrais que estão diretamente ligadas à dependência.

Hipótese foi observada em análise dos receptores canabinóides, responsáveis por regular a liberação de neurotransmissores, através da produção de substâncias semelhantes ao THC, componente da maconha.
Artigos relacionados
- Consumir álcool moderadamente aguça criatividade;
- álcool e crack são grandes problemas no país;
- Omega3 Combate o alcoolismo;
- Consumo "leve" de álcool na gravidez pode fazer bem;
- Bebida alcoólica melhora o aprendizado.
O nosso cérebro produz substâncias parecidas com o Tetrahidrocanabinol (THC), principal componente responsável pelos efeitos da maconha. Estas substâncias est…