Postagens

Mostrando postagens com o rótulo resfriado

Gripes e resfriados e o afastamento do trabalho

Imagem
Gripes e resfriados estão entre as principais causas de afastamento do trabalho.

Cerca de 17,8% dos brasileiros já se ausentaram de seus compromissos trabalhistas devido à intensidade dos sintomas das doenças.

A gripe e o resfriado são doenças que podem atingir pessoas de faixas etárias diferentes. Os agentes causadores são distintos, mas ambas necessitam de tratamento e cuidados especiais para evitar complicações dos males.

Isso porque, a intensidade dos sintomas pode atrapalhar o rendimento de alguns indivíduos no ambiente de trabalho. Um levantamento divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) indicou que, no  mês de junho, 17,8% dos brasileiros já se ausentaram do escritório devido a estes episódios.


Mas sabia que dá pra lidar com essas doenças de forma menos penosa? Além de usar os medicamentos prescritos por médicos e/ou farmacêuticos, uma dica simples, como o uso de soro fisiológico para lavar as narinas pode aliviar e muito os sintomas e até prevenir …

Gripe e resfriado: Conceitos e diferenças -- 27 perguntas e respostas

Imagem
O que é, quais são os sintomas, qual o tratamento e a diferença entre gripe e resfriado

Basta alguém começar a falar rouco, sentir o corpo mole, começar a espirrar pra falar: "estou gripado", ou outra pessoa falar pra ele: "Xííí! Tá gripado"? E a pessoa responde: parece que sim. Antigamente, essas expressões não causavam confusão, já que o tratamento e a prevenção era feita da mesma forma. Era mais fácil dizer: "Estou com gripe".

Mas após o 'advento' da vacina contra a gripe, tudo mudou. Hoje em dia, é comum alguém que está "gripado" falar: "Tomei vacina da gripe e não fez efeito". Mas por que isso ocorre?

Como os sintomas são parecidos -- com diferença na duração e intensidade e também nas complicações que, em geral, não ocorrem no resfriado --, as pessoas pensam que a vacina não fez efeito ou, pior, que causou a gripe. Não é bem assim, e nós profissionais de saúde entendemos a confusão, mas temos o DEVER de explicar...

Prime…