Postagens

Mostrando postagens com o rótulo resveratrol

Uva protege e melhora a memória de quem começou a ter lapsos, diz pesquisa

Imagem
Está comprovado! Uva preserva a memória -- inclusive em casos de Alzheimer, mesmo!

Acha que anda meio esquecido ultimamente? Relaxa... todo mundo anda! Mas se você é daqueles que consome uva ou o suco dela com frequência pode estar levando vantagens entre muitos de nós (estou entre os que bebe suco de uva integral diariamente -- 140 ml no mínimo!).



Isso porque cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, descobriram que comer duas porções de uvas diariamente ajuda a frear a evolução dos lapsos de memória, um dos primeiros sintomas do Alzheimer. O estudo foi publicado na Experimental Gerontology.

Durante o estudo, voluntários com perda cognitiva leve (perda de memória, falta de atenção e dificuldades relacionadas ao raciocínio lógico) que consumiram a fruta apresentaram uma melhora em regiões do cérebro responsáveis pela memória, além de apresentarem a atividade metabólica saudável nas regiões do cérebro que são afetadas pelos primeiros estágios da doença de Alzheimer.

Resveratrol, um composto extraído das uvas é nova promessa de rejuvenescimento

Imagem
Um composto extraído da uva - e presente nos vinhos tintos, obviamente -, o Resveratrol, pode ser a mais nova promessa antienvelhecimento.

Ainda está em fase de estudo, mas a esperança de que mais uma pílula de rejuvenescimento esteja a caminho é real.

A empresa Sirtris, uma vertente da indústria de medicamentos Glaxo Smith-Kline, responsável pelas criações de drogas antienvelhecimento. Já há dois produtos à base de resveratrol sendo testados em humanos.


Artigos relacionados...
Vinho tinto (resveratrol) - benefícios para a saúde

Foto: Flickr

Médico australiano diz ter criado vinho mais saudável do mundo

Nos últimos três anos, Philip Norrie, médico especialista nas propriedades terapêuticas do vinho, observou vários pacientes que morreram de doenças que, segundo ele, poderiam ser prevenidas. Depois disso, estudou e patenteou um tipo de vinho medicinal.

A fórmula consiste em adicionar doses extras de um polifenol antioxidante conhecido como resveratrol, extraído da casca da uva.

Norris adiciona, a cada litro de vinho, até 100 vezes mais resveratrol do que o normal. Segundo ele, com essa dose adicional, a ingestão do vinho "limpa" as artérias sangüineas, além de ajudar a prevenir ataques cardíacos, derrames e diabetes em 50%.

“A concentração do antioxidante é colocada dentro da garrafa de vinho antes do lacre”, explicou ele à BBC Brasil.

O resveratrol já é conhecido por combater problemas cardíacos, como limpar depósitos de gordura nas artérias, mas geralmente é encontrado em apenas pequenas quantidades no vinho - de três a seis miligramas por litro nos vinhos tintos e apenas u…