Postagens

Mostrando postagens com o rótulo saúde mental

Transtorno dos jogos eletrônicos: perguntas e respostas

Imagem
Perguntas e respostas: transtorno dos jogos eletrônicos

O transtorno dos jogos eletrônicos (tradução livre de gaming disorder) é definido no rascunho da 11ª Revisão da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde (CID-11) como um padrão comportamental que prejudica a capacidade de controlar a prática de jogos eletrônicos, de modo a priorizá-los em detrimento de outras atividades – ao ponto que o jogo se torna mais importante que outros interesses e atividades diárias.


Também é caracterizado pela continuidade ou intensificação do ato de jogar, mesmo com a ocorrência de consequências negativas.

Para que o transtorno dos jogos eletrônicos seja diagnosticado, o padrão de comportamento deve ser de gravidade suficiente para resultar em um comprometimento significativo nas áreas de funcionamento pessoal, familiar, social, educacional, profissional ou outras áreas importantes de funcionamento, e deve ser observado regularmente por pelo menos 12 meses.

Pe…

Acumular animais é distúrbio mental? Será?

Imagem
Pesquisa sugere que resgatar e manter muitos animais pode ser uma doença mental.

Um novo estudo sugere que as motivações por trás do acúmulo de animais são diferentes de outros tipos de acumuladores, os quais devem ser classificados como um tipo de transtorno mental completamente diferente.

Durante anos, a mania de acumular animais - que afeta cerca de 1,5% de pessoas em todo o mundo - foi listado como um subtipo de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) no Manual de Diagnóstico e Estatística de Distúrbios Mentais (DSM).


No entanto, a maioria desses pacientes não parecem compartilhar a preocupação persistente com os objetos como acontece com pacientes com TOC. E os medicamentos geralmente eficazes para o TOC não parecem funcionar para pessoas com transtorno de acúmulo de animais.



Elisa Arrienti Ferreira, doutoranda da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) em Porto Alegre, estava estudando o acúmulo de animais para sua tese de mestrado quando ocorreu a ela que a c…

Dormir emagrece mesmo?

Imagem
Quantas vezes você já ouviu alguém dizer que dormir emagrece? Mas em quantas destas vezes você prestou atenção no porquê deste efeito? Ou seja, você se ateve para uma pergunta mais objetiva: Dormir emagrece por quê? Ou então, para essa: dormir emagrece mesmo?

Bom, muitos já foram os estudos na área e parece que um destes estudos foi mais a fundo...

Dormir emagrece por quê?
Pesquisa realizada nos EUA concluiu que basta regularizar o sono para diminuir a gordura corporal e, finalmente, emagrecer. O melhor de tudo: sem que seja necessário a prática de exercícios físicos, odiada por tantos.


O estudo publicado no diário “American Journal of Health Promotion” analisou mulheres magras que têm padrões regulares de sono, ou seja, que têm hora certa para dormir e acordar.

Participaram 300 voluntárias com idade entre 17 e 26 anos no estudo que levou diversas semanas para ser concluído.

Quem conseguia dormir com variação de 90 minutos de diferença tinha mais gordura acumulada do que aquelas com a…

O que é saúde? Definição OMS e objeções a ela

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define saúde não apenas como a ausência de doença, mas como a situação de perfeito bem-estar físico, mental e social. Essa definição, até avançada para a época em que foi realizada, é, no momento, irreal, ultrapassada e unilateral.

Procurar-se-á, no presente artigo, fundamentar objeções à definição de Saúde da OMS. Trata-se de definição irreal por que, aludindo ao "perfeito bem-estar", coloca uma utopia. O que é "perfeito bem-estar?" É por acaso possível caracterizar-se a "perfeição"?


Saúde é perfeição?Não se deseja, enfocar o subjetivismo que tanto a expressão "perfeição", como "bem-estar" trazem em seu bojo. Mas, ainda que se recorra a conceitos "externos" de avaliação (é assim que se trabalha em Saúde Coletiva), a "perfeição" não é definível. Se se trabalhar com um referencial "objetivista", isto é, com uma avaliação do grau de perfeição, bem-estar ou felicidade de um…

Hipnose como meio para emagrecer

Imagem
Você sabia que médicos e psicólogos estão usando técnicas de hipnose para pacientes que desejam emagrecer?

A Hipnose Clinica é uma pratica milenar, e vem se popularizando na medicina, sendo usada como ferramenta auxiliar no tratamento de males como tabagismo, depressão, fobias, síndrome do pânico, insônia, queimaduras, traumas, entre outros.

Mas a mais procurada delas é para o controle dos transtornos alimentares e obesidade.

“Em diversos casos, as dietas e exercícios não surtem efeito, pois a pessoa já tem uma tendência a comer desenfreadamente, então todo esforço vai por água abaixo.” revela Miriam Pontes de Farias, psicóloga e professora de hipnose clínica. “É preciso um acompanhamento completo, tanto por um endocrinologista e nutricionista, como por um psicólogo”.
Atualmente a hipnose tem sido considerada uma técnica eficaz nos tratamentos da obesidade, já que muitas vezes existem fatores emocionais que implicam na compulsão por comida, como o estresse, a ansiedade e os problemas d…

Jeito de dormir pode revelar a personalidade das pessoas

Imagem
O que mais me levou a escrever este post não foi a seriedade da pesquisa (o que já justificaria o post), mas a identificação instantânea com o MEU JEITO DE DORMIR e a personalidade revelada. :-O








Chris Idzikowski, diretor do instituto  Sleep Assessment and Advisory Service, conduziu um estudo que analisou as seis principais posições e dormir e descobriu que cada uma delas tem ligação com um tipo de personalidade, ou seja, o jeito de dormir pode revelar a personalidade... Mesmo! Vamos a eles?


O Jeito de dormir pode revelar a personalidade das pessoas
1 - Posição fetal: A posição fetal demonstra timidez, ou os “emburrados do coração de ouro”, como prefere definir o perspicaz estudioso. É a forma mais comum de dormir, sendo que cerca de 41% dos 100 voluntários participantes da pesquisa dormem dessa maneira.

Leia também: Santa Imunidade: A fé pode curar!

2 - Tábua: posição daqueles que dormem de lado e bem retos e com os dois braços do mesmo lado, representa uma pessoa extrovertida e muito soc…

Alimentos para stress: 3 alimentos para aliviar o estresse

Imagem
Para quem anda estressado é difícil imaginar que alguns hábitos simples podem melhorar e muito esse quadro. A começar pela alimentação, por exemplo, algo que fazemos todos os dias.

Conheça abaixo 'três alimentos para stress' que proporcionam bem-estar e aliviam o estresse do dia a dia.

Melissa
Estudo recente com voluntários comprovadamente estressados verificou que o consumo de extrato de melissa reduziu em 15% os sintomas de ansiedade e em 42% a insônia. Pesquisa também revela que utilizar 600mg por dia do extrato melhora o humor e aumenta a tranquilidade.



Maracujá
Sob a forma de chá, o maracujá traz uma série de benefícios para a qualidade do sono, assim como proporciona efeito tranquilizante sem afetar a memória, como mostraram pesquisas sobre o alimento.
Camomila
Novos estudos com pacientes comprovaram o que a sabedoria popular já sabia: a camomila apresenta leve atividade tranquilizante em pacientes com grau leve e moderado de Transtorno de Ansiedade Generalizada, além de t…

Fofocar faz bem à saúde, diz estudo

Imagem
Os fofoqueiros e fofoqueiras de plantão podem comemorar - mas não vou contar para minha vizinha que não sai da janela -, um estudo realizado pela Universidade da Califórnia revela: Fofocar faz bem à saúde.

A pesquisa que avaliou 51 pessoas concluiu que fofocar colabora para a manutenção da ordem por meio da crítica.

O ato de fofocar (que alguns entendem como falar mal dos outros) pode trazer, de fato, alguns benefícios. Diminui o estresse e pode ser importante para evitar abusos e comportamentos inadequados. Descobriu que, apesar de a fofoca ter uma péssima reputação, existem evidências de que tem um papel crucial na manutenção da ordem social.


No estudo, os pesquisadores observaram, por exemplo, os benefícios terapêuticos de fofocar. Os batimentos cardíacos dos participantes aumentavam quando viam alguém se comportando mal. Mas, o aumento era moderado se pudessem comentar esse comportamento pernicioso com outros. Ao divulgar a informação sobre o mal comportamento, as pessoas se senti…

Anedonia: você já ouviu falar nesse distúrbio?

Imagem
Você nunca ouviu falar na anedonia? Ou já ouviu e busca mais informações sobre o assunto? Este artigo é para você! Acompanhe!.

1. ANEDONIA O QUE É?
Anedonia é um distúrbio emocional que faz com que a pessoa perca a capacidade de sentir prazer por qualquer atividade cotidiana. É como se a pessoa fosse desprovida de demonstrar emoção ou afeto.

A perda do interesse pode ser generalizada ou direcionada para determinado aspecto da vida. A pessoa que sofre do distúrbio pode até vir a pensar: Poxa, mas eu gostava tanto disso!

É complexo para o indivíduo perceber o que o levou a perder essa “motivação”. Geralmente a anedonia está ligada à depressão, mas pode ocorrer da pessoa apresentar esse distúrbio sem estar deprimida.

>> Leia também:Qual relação entre fígado e desequilíbrios físicos e emocionais?.

2. ANEDONIA - COMO TRATAR

O primeiro passo para o tratamento da anedonia é a observação do próprio comportamento. Se o comportamento mudou muito nos últimos meses, se o desejo por algumas at…

Consultórios psiquiátricos lotam por causa da crise!

Imagem
Crise aumenta afastamentos do trabalho e lota consultórios psiquiátricos.

O agravamento da crise político-econômica do País tem aumentado os afastamentos dos trabalhadores do emprego. Atualmente os transtornos mentais —–  como depressão, ansiedade e dependência de álcool e drogas — já são a segunda causa de afastamento do trabalho em São Paulo.

A primeira causa são as lesões por esforço repetitivo, que também estão fortemente relacionadas aos transtornos emocionais.


No consultório do médico psiquiatraMarcello Finardi Peixoto, é notória a mudança no perfil dos pacientes. Se antes recebia majoritariamente mulheres e donas de casa com questões alheias ao trabalho, agora o público maior é de empresários e executivos sofrendo os efeitos psicológicos da recessão econômica.

“Aproximadamente 30% da população paulistana sofre de algum transtorno emocional contra 23% de outra megalópole, Nova York”, afirma o especialista.



A crise econômica é uma das culpadas
O cenário de incerteza econômica, com …

Hipnose no dentista

Imagem
Achados do antigo Egito revelam que há três mil anos a hipnose no dentista era muito usada em tratamentos dentários.

Mas, com o passar do tempo, essa prática adormeceu, dando lugar a sedativos, óxido nitroso e anestesia geral, mais potentes, é verdade, mas potencialmente mais prejudiciais à saúde.

Mais recentemente, entretanto, especialistas no comportamento humano voltaram a fazer uso dessa técnica – inclusive no consultório do cirurgião-dentista.


Quem vem fazendo uso dessa técnica diz que a voz suave e cadenciada do cirurgião-dentista pode transportar o paciente a um estado mental de relaxamento que permite realizar todo o tratamento – de uma simples limpeza até um tratamento de canal ou extração – sem anestesia ou estresse.

Na opinião do professor norte-americano Peter Stone, que desde 1981 ministra o curso “Hipnose moderna para cirurgiões-dentistas do século 21” na Universidade do Sul da Califórnia, o tempo que se passa aprendendo hipnose para utilizar no consultório é importante…

Thetahealing - Curso: técnica da cura pela mudança de crenças

Imagem
“Isso nunca foi para mim”. “Eu não mereço isso”. “Eu nunca consegui e não será agora”. Muita gente se acostumou a dizer essas frases e se conformou com o que podemos chamar de “crenças” 

Essas crenças são heranças genéticas que levam ao fracasso e atraem energias negativas. Mas essas crenças limitantes, que emperram o crescimento pessoal e profissional, podem ser quebradas. Uma mudança, que precisa ser de dentro para fora, é possível e necessária.

Um dos caminhos para a melhora é a Thetahealing, uma técnica de cura ensina a identificar e mudar crenças, sentimentos e padrões bloqueadores, criando imediatamente uma nova realidade.

Por meio do Thetahealing, a pessoa aprende a olhar para dentro de si, se reconectando profundamente com a própria essência.


“Quem faz o curso aprende a se curar, a perdoar, a se realizar, vivendo de forma plena e saudável”, diz a instrutora Ana Claudia Destefani, certificada pelo Thetahealing Institute of Knowledge.
Ana Claudia Destefani vai ministrar um curso …

Maconha na adolescência prejudica memória e inteligência

Estudo COMPROVA QUE adolescentes que usam em maconha antes de chegarem aos 18 anos podem ter perda de memória e provocar lesões permanentes em inteligência e atenção.

Pesquisadores do Reino Unido e dos EUA descobriram que o uso frequente e dependente da maconha antes dos 18 anos de idade pode ter um efeito neurotóxico.

Uma professora de psicologia e neurociência no Instituto de Psiquiatria do King's College de Londres, Terrie Moffitt, disse que o alcance e a duração do estudo, que envolveu mais de 1.000 pessoas acompanhadas por mais de 40 anos, davam peso adicional aos resultados.

Moffitt trabalhou com Madeleine Meier, uma pesquisadora de pós-doutorado da Universidade Duke nos Estados Unidos, analisando dados de 1.037 neozelandeses que participaram do estudo. Cerca de 96% dos participantes originais continuaram no estudo de 1972 até hoje, ela explicou.

Aos 38 anos, os participantes foram submetidos a uma bateria de testes psicológicos para avaliar sua memória, velocidade de proce…

“Hapiness and the Good Life”: o curso da Yale ensina o que é ser feliz!

Imagem
Você sabe ser feliz? O curso mais procurado em 317 anos de história na Universidade de Yale revelou o desespero da busca e as noções equivocadas atuais sobre o que é uma vida feliz e com significado.

A felicidade é subjetiva. Apesar disso, a Universidade de Yale, uma das mais respeitadas do mundo, criou um curso que ensina o que ser feliz e ter uma vida plena. A repercussão das aulas causou muito mais surpresa do que o tema proposto. “Hapiness and the Good Life” se tornou um fenômeno. Em apenas um semestre, mais de 1,2 mil estudantes de graduação se inscreveram, o que bateu o recorde de 317 anos de história da instituição. Oferecido em módulo reduzido pela internet, o treinamento atraiu mais de 91 mil pessoas, de 168 países.

O sucesso do curso, criado pela professora de psicologia e ciências cognitivas Laurie Santos, pode ser uma mensagem. A ideia é discutir os equívocos que cometemos quando se fala em felicidade e também apresentar estratégias para criar hábitos melhores. Ou seja, se…

Medo patológico: fobias que se tornam um problema de saúde

Imagem
Quando o medo se torna patológico, como a fobia de chuva

O medo é um sentimento que ajudou nossos ancestrais a sobreviverem em um mundo hostil e cheio de perigos, permitindo a sobrevivência e a evolução da raça humana. Mas hoje, esse mesmo medo tem se mostrado um verdadeiro transtorno na vida de muitas pessoas.

Estamos falando das fobias específicas que acontecem quando uma pessoa desenvolve o medo patológico de animais, objetos ou situações. Existe até fobia de chuva, fobia de pássaros e medo de ficar doente!




Segundo dados do National Institute of Mental Health (NIMH), entidade norte-americana voltada para a saúde mental, as fobias específicas atingem cerca de 12,5% da população em geral. No recorte entre gêneros, porém, a diferença é grande: 12,2% das mulheres e 5,8% dos homens.


O medo patológico
Mas, afinal, quando aquele medo intenso de barata, ou de pegar um elevador ou de viajar de avião, de chuva, por exemplo, se torna um medo patológico? Será um caso de psicologia do medo?

Segun…

Tratamento da dor física e a relação com aspectos emocionais

Imagem
Quando falamos de dor crônica - aquela que perdura por mais de três meses geralmente a vida toda sem cura ou com tratamentos paliativos, como as pessoas que desenvolvem neuropatias diabéticas, dores na coluna, artrites e artroses, fibromialgia, entre outras doenças - é comum estabelecer a sua relação com fatores emocionais, visto o impacto nos relacionamentos e funções gerados ao longo dos anos em quem é obrigado a conviver com ela.

O Saúde com Ciência conversou com o neurocirurgião especialista em dor pela Associação Médica Brasileira (AMB), Dr. Claudio Corrêa, que diz: “cada indivíduo pode tolerar e expressar a sua dor física de diferentes maneiras e com diferentes intensidades, o que não diminui a importância da dor de cada um.

Porém, é fato já documentado na literatura médica que, no decorrer de tanto tempo convivendo com uma dor crônica, o indivíduo irá desencadear sintomas de ansiedade, tristeza e depressão, irritabilidade e angústia, diante das crises, que são justificáveis de…

Antidepressivos funcionam 'mesmo', mostra estudo que solucionou um dos maiores debates da medicina

Imagem
Cientistas britânicos afirmam que chegaram a uma conclusão sobre um tema que é alvo de um dos maiores debates da medicina: a eficácia dos antidepressivos.

Existe uma crença entre uma parte da população que não é leiga, mas também não é tão... digamos, inteirada sobre o tema saúde saúde mental, de que a depressão é "frescura" e que o efeito do antidepressivo é o mesmo de um placebo (entenda o efeito placebo). Essas pessoas têm respostas prontas para a depressão, como: 'arruma algo pra fazer que a depressão passa', ou 'tenha um filho que seus problemas acabam', 'adota um cachorro que a depressão some'.




Tais pessoas não costumam acreditar na ação dos antidepressivos, mas não são só elas, vários profissionais de saúde, incluindo alguns psicólogos, médicos em geral e, pasmem... médicos psiquiatras [pausa para nos recuperarmos do susto].

MAS ISSO MUDARÁ A PARTIR DESSE ESTUDO... que comprovou a eficácia dos antidepressivos. Vamos entendê-lo?


Logo na introduç…

Criado implante que "manipula a memória"

Sonho ou pesadelo? Cientistas desenvolvem implante cerebral capaz de manipular a memória...

Do UOL

A notícia divulgada na última recentemente de que os cientistas desenvolveram um implante cerebral que pode aumentar a memória -- uma "prótese cognitiva cerebral", no jargão médico -- pode ser espantosa até mesmo para os céticos.... - Continue lendo

Você sabia?
O amendoim contém niacina (vitamina B3) que participa da manutenção de substâncias químicas nervosas e hormônios que regulam a memória. [Benefícios do amendoim torrado]

➤➤Leia também: Dicas para ter Boa Memória.