Postagens

Mostrando postagens com o rótulo saúde na terceira idade

Músicas negativas sobre velhice prejudicam saúde de idosos

Imagem
As referências “perder o cabelo” e “definhar” nas canções do Beatles como a clássica When I’m Sixty-Four pode ter um efeito prejudicial sobre a saúde de idosos, segundo pesquisadores. As informações são do site do jornal The Telegraph.

Um trecho da música diz: “quando eu ficar mais velho, perdendo meus cabelos/Daqui a muitos anos/Você ainda irá me mandar presentes no dia dos namorados/Saudações no aniversário, garrafas de vinho?”, e pode ser associada a falta de ser amado na velhice, de acordo com o estudo.


Os pesquisadores disseram que conotações negativas sobre o envelhecimento em canções podem afetar a confiança e a autoestima das pessoas mais velhas, que por sua vez poderia levar a outros problemas de saúde.

>> Leia também: Música faz bem para o coração, está comprovado cientificamente

Enquanto outras músicas como Forever Young e Dusty Springfield Goin' Back, de Bob Dylan, retratam o envelhecimento de forma positiva, a maioria não mostra um bom aspecto sobre essa fase da …

Remédios perigosos para idosos

Imagem
Conheça os tipos de remédios que podem pôr vida e saúde de idosos em risco

Quando envelhecemos, órgãos como rins e fígado -- os mais atingidos quando tomam-se medicamentos --, já não funcionam muito bem como antes. Assim, alguns tipos de remédios, como os usados para ansiedade e para dormir, os antialérgicos e os antipsicóticos, ao invés de trazerem benefícios, oferecem risco à vida quando usados por idosos.

O perigo foi comprovado por um estudo desenvolvido pela farmacêutica Mariana Gonzaga, no Centro de Pesquisas René Rachou, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a partir de uma pesquisa feita com 1.371 moradores de Bambuí, na região Centro-Oeste de Minas.


Como foi o estudo



Na pesquisa, foram entrevistados 1.635 idosos residentes na Região Metropolitana de Belo Horizonte (MG), sendo que 1.158 declararam fazer uso de pelo menos um medicamento. O uso de MPI foi relatado por 30,4% do total de entrevistado, sendo identificados 694 MPI na farmacoterapia desses idosos, com destaque para os b…

Lesão por pressão: como evitar as escaras?

Imagem
O que é lesão por pressão?
A lesão por pressão, também conhecida como úlcera por pressão, úlcera de decúbito ou escara, é a ferida que ocorre quando há pressão constante nas proeminências ósseas, causando redução de circulação sanguínea e, consequentemente, danificação da pele e tecidos ao redor dela.

Como na maioria dos casos o paciente está acamado, geralmente o que leva a esse tipo de lesão é o equívoco na hora de movê-lo. Todo paciente que está de cama por longos períodos deve ser movimentado no mínimo a cada 3 horas, mas jamais de deve arrastá-lo sobre a cama. Outros fatores internos e externos podem causar ou piorar as escaras. Resumindo...



Quais são as causas das escaras ou lesões por pressão?
pouca movimentação do paciente (intervalo maior que 3 horas),excesso de umidade no corpo (sobretudo em áreas cobertas e/ou abafadas), desnutrição, desidratação [Dúvidas sobre a desidratação em crianças e idosos],alteração do pH devido ao contato com fezes e urina,diabetes,obesidade.
Como ev…

Tipos de Disfagia e significado

Imagem
O ato de engolir, ou a "deglutição" é algo tão automático que fazemos praticamente sem pensar.

Mas algumas doenças e à medida que envelhecemos, podemos passar a começar a ter de perceber -- ou fazer certa força -- para engolir, até mesmo a saliva.

Continue lendo e confira:
1. Disfagia significado
2. Tipos de disfagia

Disfagia significado
O significado de disfagia é bem simples, pois é apenas o nome que se dá à dificuldade de deglutir, ou dificuldade de deglutição, ou mesmo "dificuldade de engolir".


Tipos de disfagia
A disfagia pode ser classificada segundo as fases da deglutição, a etiologia e o grau de comprometimento. Vamos a eles?


Tipos de disfagias segundo as fases da deglutição
- Disfagia oral: 

Quando existe comprometimento das fases preparatória oral e oral. Pode estar presente nos casos de dificuldade ou ausência de vedamento labial, problemas durante a mastigação, apraxia oral, paralisia unilateral de língua, entre outros (Macedo et al., 1998).


- Disfagia farí…

9 Mitos e Verdades sobre artrose

Imagem
Artrose é uma doença que gera muitas dúvidas nos pacientes, e apenas 42% dos portadores são diagnosticados corretamente. O diagnóstico precoce da doença é fundamental, pois as chances de sucesso no tratamento e a qualidade de vida do paciente aumentam. Confira nove mitos e verdades sobre a artrose, dor crônica que mais atinge os brasileiros.


O diagnóstico tardio ocorre principalmente porque muitas pessoas associam a doença exclusivamente aos idosos. Embora a maioria dos casos se dê na terceira idade, a artrose também pode atingir pessoas mais jovens. Há muita desinformação sobre a doença, o que acaba por deixar dúvidas sobre seus sintomas e incidência.

** Confira 9 mitos e verdades sobre a artrose **
1) Apenas idosos são acometidos pela artrose
MITO - As doenças reumáticas, de uma forma geral, podem afetar pessoas de todas as idades, desde crianças até idosos. Entre as doenças que causam dores crônicas, ela de fato é a que mais atinge as pessoas na terceira idade. Porém, o excesso de so…

#Dia do idoso: Vegetarianismo na terceira idade

Imagem
Vegetarianismo na terceira idade é possível?

A chegada da terceira idade é um período que vem acompanhado de diversas mudanças no organismo. Por conta disso, muitos questionam se as pessoas da melhor idade podem aderir ou até seguir com uma dieta isenta de carne.

Conversamos com a nutricionista Cyntia Maureen, consultora e nutricionista da Superbom, não há motivos para tal preocupação.

Vegetarianismo na terceira idade

“A dieta vegetariana correta [ela disse CORRETA, viu?] fornece todos os nutrientes necessários à saúde de qualquer indivíduo, independente de idade ou de estado físico”, afirma.
Segundo a especialista, a ingestão calórica dos vegetarianos costuma ser menor, mas a maioria das vitaminas e minerais é ingerida em quantidade igual ou maior do que pelos onívoros. “Escolher corretamente os alimentos vegetais é o que faz diferença”, complementa.

Ela destaca que uma dieta vegetal equilibrada e rica em cereais integrais, leguminosas, frutas frescas e sementes supre com propriedade …

Suicídio em Idosos: os com mais de 70 anos se suicidam mais

Imagem
Taxa de suicídio é maior em idosos com mais de 70 anos

Em alusão ao setembro amarelo, mês de conscientização sobre a importância da prevenção do suicídio, o Ministério da Saúde divulga, nesta quinta-feira (21/9), o primeiro Boletim Epidemiológico de Tentativas e Óbitos por Suicídio no Brasil. Um dos alertas é a alta taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos.

Entre os idosos foram registradas média de 8,9 mortes por 100 mil nos últimos seis anos. A média nacional é 5,5 por 100 mil. Também chamam atenção o alto índice entre jovens, principalmente homens, e indígenas. O diagnóstico inédito vai orientar a expansão e qualificação da assistência em saúde mental no país.


O Ministério da Saúde, com base nos dados do boletim, lança uma agenda estratégica para atingir meta da Organização Mundial da Saúde (OMS) de redução de 10% dos óbitos por suicídio até 2020. Entre as ações, destacam-se a capacitação de profissionais, orientação para a população e jornalistas, a expansão da rede de a…

Técnica do HCor reduz risco de AVC em idosos

Imagem
Técnica pioneira do HCor reduz risco de AVC em idosos

O Serviço de Hemodinâmica do HCor (Hospital do Coração), é pioneiro e referência no procedimento que tem sido utilizado na prevenção de acidente vascular cerebral (AVC ou derrame) em pacientes idosos portadores de fibrilação atrial (arritmia cardíaca) e que possuem alguma dificuldade ou contraindicação para o uso de anticoagulantes.

➤ Leia também: Cresce incidência de AVC em jovens

A técnica já beneficiou milhares de idosos na Europa e Estados Unidos, sendo um procedimento reconhecido pelo Food and Drug Administration (FDA) americano.


O que é fibrilação atrial?
No Brasil, estima-se que cerca de 2 milhões de pessoas sejam portadores de fibrilação atrial. Ela se apresenta em curtos episódios inesperados, persistentes ou permanentes.

Além de causar sintomas como palpitações, intolerância ao esforço e mesmo insuficiência cardíaca é diretamente responsável por 40% dos fenômenos tromboembólicos (obstrução de vasos por coágulo de sangue), …

Falta de exercícios físicos prejudica mulheres na terceira idade

Imagem
A falta de exercícios físicos afeta o equilíbrio, a agilidade e o reflexo das mulheres com mais de 70 anos.

Isso é o que apontou um estudo inédito da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, feita em parceria com o Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul (Celafiscs).


Segundo Sandra Matsudo, coordenadora da pesquisa, o resultado do estudo demonstrou que as mulheres sedentárias apresentam mais dificuldades de executarem atividades simples e correm mais risco de adquirir doenças. A prática de atividades físicas, tais como uma caminhada diária de 30 minutos ou até mesmo a utilização de escadas no lugar do elevador, aumenta a qualidade de vida, reforçou a pesquisadora.

O estudo acompanhou cerca de 300 mulheres, com mais de 50 anos, todas sedentárias. Elas foram divididas em dois grupos: um que reunia mulheres entre 50 e 59 anos de idade e outro, mulheres com 70 anos ou mais. Estas mulheres foram submetidas a vários testes físicos, que demonstraram, por e…

Um em cada seis idosos sofrem abusos. Vamos mudar esse quadro?

Imagem
Novo estudo revela que um em cada seis idosos sofre alguma forma de abuso

A população está envelhecendo. Essa é uma expressão que todos já ouviram, mas muitos não a compreendem. Ela significa que menos pessoas estão nascendo e os idosos estão vivendo mais. Com isso, cada vez mais veremos um número maior de pessoas idosas circulando por aí.

Esse fato também propicia uma difícil realidade que só aumenta, a dos idosos que sofrem abusos. Mas o que fazer para mudar esse quadro? Vamos, primeiramente, conhecer uma pesquisa sobre o assunto?


Idosos sofrem abusos, revela estudo
Um em cada seis idosos sofre alguma forma de abuso, afirma novo estudo apoiado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e publicado na Lancet Global Health. Esse número é maior do que o estimado anteriormente e a previsão é de que aumente à medida que as populações envelhecerem em todo o mundo.

O novo estudo descobriu que quase 16% das pessoas com 60 anos ou mais foram submetidas a abusos dos tipos:

abusos psicológicos (11…

Dúvidas sobre a desidratação em crianças e idosos

Imagem
Crianças, sobretudo bebês, e também os idosos são as principais vítimas da desidratação na época de verão. O bebês, por terem maior proporção de água no organismo, a perda de líquidos e eletrólitos na infância é uma ameaça eminente para eles. Se não revertida imediatamente, a desidratação pode ser até fatal, alerta o pediatra David Elias Nisenbaum, do Hospital Infantil Sabará. Aqui, ele esclarece as principais dúvidas sobre o problema. Já nos idosos, o problema é a a pele muito fina, que facilita a desidratação por perda de água pela pele.

► Leia também: Soro caseiro: receita copo 200 ml (e para 1 litro)

Dúvidas sobre a desidratação em crianças e idosos

O que causa desidratação nas crianças?A perda de líquido pelo organismo, seja por diarreia e vômitos ou pela ingestão de líquidos insuficiente.

A diarreia é a causa mais comum de desidratação em crianças?Sim. Ela geralmente ocorre devido a infecções intestinais causadas por vírus, bactérias e intoxicação alimentar. Mas pode estar associada…

Dicas de alimentação dos idosos nas festas de final de ano

Imagem
Cuidados com a alimentação dos idosos nas festas de final de ano, dicas!.

Nas festas de final de ano é normal exagerarmos na comida farta e rica em gorduras e açúcares. A nutricionista do Residencial & Hotel Villa Bela Vista, Laura Contin de Sousa, listou algumas dicas importantes para não comprometer a saúde dos idosos durante o período de festas, época que merece atenção redobrada:

Dicas de alimentação dos idosos nas festas de final de ano


CUIDADO COM OS ALIMENTOS FORA DE CASA
- Escolha locais para encomenda das refeições com boa higiene: verifique a cozinha antes de comprar - verifique a data de validade dos alimentos e a limpeza dos funcionários

FAÇA TROCAS INTELIGENTES
- Prefira carnes magras, tais como peru e chester
- Escolha entre arroz ou maionese ou somente massa (por que arroz ou maionese? porque ambos são fontes de carboidratos)
- Acrescente mais fibras, tais como saladas coloridas - cenoura, tomate, alface, rúcula
- Limite-se a 1 taça de bebida alcoólica ou troque a bebi…

Doenças ósseas podem dobrar em 20 anos, em São Paulo

Imagem
Envelhecimento da população paulistana poderá dobrar doenças ósseas em 20 anos.

Em 20 anos um grave problema de saúde pública, com alta taxa de mortalidade entre idosos deverá ocorrer em relação às doenças ósseas. Tem como evitar? Sim! Com campanhas de prevenção e conscientização sobre a osteoporose e suas consequências podem combater o problema, segundo o Dr. Alberto Frisoli Jr., geriatra e membro da comissão científica da ABRASSO.

“A importância que o médico dá à doença é fundamental para o paciente. Em um estudo realizado pelo setor de Cardiogeriatria da Disciplina de Cardiologia da Universidade Federal de São Paulo observou-se que especialistas que não lidam com osteoporose, fraturas e risco de queda não sentem necessidade de avaliar ou encaminhar o idoso para essas avaliações, pois entendem que alguém, em algum momento, irá fazê-lo. Isso significa que normalmente, o idoso só se importará com a osteoporose quando tiver uma fratura ou quando receber uma informação de impacto sobre …

Treinamento para Cuidadores de Idosos

Cuidadores de idosos é, certamente, uma das profissões do futuro. É fácil imaginar o porque, nunca a expectativa de vida foi tão alta. Hoje em dia, chegar aos 100 anos não espanta mais ninguém.

Com o aumento da população idosa, muitas instituições estão investindo em cursos para formar profissionais especializados em lidar com Idosos. Futuramente, essa função vai ser uma das mais populares e requisitadas no país, já que a estimativa é que o número de idosos chegue a 32 milhões em 2025.


Atualmente, o Brasil conta cerca de 1 milhão de acompanhantes, número que já não será mais suficiente em 15 anos. Os salários podem chegar a R$1.200. O Hospital Silvestre, no Rio de Janeiro, é um dos pioneiros nessa atividade e promove neste mês o XVI Treinanento.

INFORMAÇÕES sobre o treinamento para cuidadores de idosos do Hospital Silvestre (RJ), abaixo:


Serão quatro aulas em que profissionais, familiares ou pessoas que estejam interessadas poderão aprender como cuidar dos idosos. As aulas terão início…