Postagens

Mostrando postagens com o rótulo tuberculose

O mundo está sem antibióticos para bactérias resistentes, diz OMS

Imagem
Mundo está ficando sem antibióticos eficazes para tratar infecções, confirma relatório da Organização Mundial da Saúde

Um novo relatório publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira (19) – Antibacterial agents in clinical development - an analysis of the antibacterial clinical development pipeline, including Mycobacterium tuberculosis – mostra uma séria falta de novos antibióticos em desenvolvimento para combater a crescente ameaça da resistência antimicrobiana.

Mundo sem antibióticos para bactérias resistentes

Tuberculose multidroga resistente
A maioria das drogas que atualmente se encontram em etapa de desenvolvimento para uso clínico são modificações de classes de antibióticos existentes [ler: Super Vancomicina: mil vezes mais forte], ou seja, que podem significar soluções adequadas a curto prazo.

O relatório encontrou poucas opções de potenciais tratamentos para infecções resistentes a antibióticos identificadas pela OMS como a maior ameaça à saúde, entre elas…

Da OMS - Urgente! Ameaça de tuberculose multidroga reistente

Imagem
OMS enfatiza necessidade urgente de pesquisa e desenvolvimento para ameaça da tuberculose multidroga resistente

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reafirma a necessidade fundamental de pesquisa e desenvolvimento (P&D) de novos antibióticos para enfrentar a ameaça da tuberculose multidroga resistente (TB-MDR).


“Direcionar a pesquisa para a tuberculose multidroga resistente é uma alta prioridade para a OMS e para o mundo”, afirmou Margaret Chan, Diretora-Geral da Organização.

“Mais de US$ 800 milhões (dólares estadunidenses) por ano são atualmente necessários para financiar a pesquisa essencial para novos antibióticos que tratem a tuberculose", disse Chan.
A crise de saúde pública causada pela tuberculose multidroga resistente continua: em 2015, estima-se que havia 580 mil casos e 250 mil mortes relacionadas a essa condição. Apenas 125 mil pacientes afetados receberam tratamento e somente metade foram curados.

Apenas dois novos antibióticos para tratar a TB-MDR completaram o…

Tuberculose, novo medicamento (remédio), o 'quatro em um' chega ao Brasil

. O novo medicamento para tratar a tuberculose chegou ao Brasil. Trata-se de um medicamento combinado chamado de "dose fixa combinada" ou "quatro em um".

Com esse novo remédio tem-se o aumento da efetividade e eficácia da terapia, com a inclusão de uma quarta substância em um mesmo comprimido.



A terapia feita dessa forma é muito mais prática o que diminui o abandono ao tratamento e melhora a adesão dos doentes.

A primeira remessa contém 10 milhões de comprimidos, suficientes para tratar 100 mil casos. Em fevereiro de 2010 chegará ao Brasil um novo lote. Foram gastos 6 milhões na compra do medicamento.

Composição dos comprimidos:

Rifampicina.... 150mg
Isoniazida..... 75mg
Pyrazinamida... 400mg
Etambutol...... 275mg

Dia Mundial da Tuberculose - 24.03

Em 24 de março é celebrado o Dia Mundial da Tuberculose.

Atenção:
" Se uma pessoa tem uma tosse produtiva (com catarro) persistente por três semanas ou mais, deve procurar a unidade de saúde mais próxima para fazer o exame de baciloscopia (escarro).
A realização desse exame permite o diagnóstico precoce da doença, o que viabiliza o início do tratamento, que dura em torno de seis meses. "

Os medicamentos são gratuitos e estão disponíveis na rede de Atenção Básica dos municípios. A SES distribui os medicamentos de acordo com o número de casos registrados nos territórios, por isso é tão importante a busca ativa dos casos nas residências e nas unidades onde há pessoas presas, como delegacias e presídios, por exemplo.


A doença
Tuberculose é uma doença infecciosa e contagiosa, causada pelo Bacilo de Kock, e que se torna grave quando não tratada. Tem preferência pelos pulmões, mas pode acometer outros órgãos, mais frequentemente os gânglios, pleura, rins, cérebro e ossos. É transmitida d…

tuberculose - novo esquema de tratamento

Brasil terá novo esquema terapêutico para a tuberculose.

Mudança vai baratear o tratamento, facilitar a adesão e combater a multi-resistência do bacilo de Koch.

No País, incidência é de 38,5 casos por 100 mil habitantes. A partir do segundo semestre de 2009, o Sistema Único de Saúde (SUS) contará com novo medicamento para tratar a tuberculose.



A novidade foi anunciada pelo ministro da Saúde, José Gomes Temporão, nesta segunda-feira (23), durante a abertura do 3º Fórum Mundial de Parceiros Stop TB, que acontece no Rio até a próxima quarta-feira.

O novo esquema terapêutico, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), aumentará o número de drogas de três para quatro e reduzirá a quantidade de comprimidos diários de seis para dois.

Trata-se da chamada DFC (dose fixa combinada) ou “quatro em um”, como é popularmente conhecido.

Com a mudança, espera-se aumentar a adesão dos pacientes ao tratamento – hoje, 8% deles o abandonam antes da cura, induzindo à resistência.

A taxa de abando…